La Liga

Em dia de golaços, Messi faz dois, Griezmann outro, Barcelona vence Huesca e se aproxima do Atlético

O Barcelona conseguiu reduzir a diferença de pontos para o Atlético de Madrid para quatro, depois de ver os Colchoneros tropeçarem no Getafe no fim de semana e fechar a rodada de La Liga nesta segunda-feira com uma vitória por 4 a 1 sobre o Huesca. Foi um jogo histórico para Lionel Messi, que marcou dois gols, um deles um golaço, deu passe para outro e viu Antoine Griezmann também marcar um golaço. Foi a quarta vitória seguida do Barça na liga espanhola.

O embalo do Barcelona ficou claro desde o começo do ano. No dia 3 de janeiro, os catalães venceram justamente o Huesca por 1 a 0, fora de casa. Embalou sete vitórias seguidas depois disso. Veio o empate diante do Cádiz, em casa, no dia 21 de fevereiro. Em seguida, porém, o time emplacou mais quatro vitórias seguidas, sendo a últimas delas nesta segunda-feira.

Ao entrar em campo, Lionel Messi se tornou o jogador com mais partidas disputadas pelo Barcelona na história, empatado com Xavi: 767 jogos. Obviamente, ainda vai superar essa marca nas próximas rodadas. É uma marca significativa para o argentino, maior ídolo e maior artilheiro da história do clube. O terceiro na lista é Andrés Iniesta, com 674 jogos. Vem então um jogador do elenco atual, ainda em atividade: Sergio Busquets, com 617 jogos. Carles Puyol é o quinto com 593 jogos e Gerard Piqué, outro do elenco atual, tem 558 jogos, em sexto.

Homenagem do Barcelona a Messi, que alcançou o número de jogos de Xavi (Imago/OneFootball)

Mais uma vez Ronald Koeman escalou o time em um 3-4-3, com Frenkie De Jong recuado entre os dois zagueiros. O ataque tinha três jogadores que se movimentaram muito: Antoine Griezmann e Lionel Messi circulavam, com Ousmane Dembélé atuando mais centralizado, mas também com liberdade para se movimentar.

Foram 13 minutos até que o gol saísse. Lionel Messi recebeu a bola de Sergio Busquets já tirando de Jorge Pulido de forma genial, ajeitou e, de pé esquerdo, um chutaço, no ângulo, para marcar 1 a 0. Um golaço do argentino de fora da área que tocou o travessão e bateu no chão, sem dar qualquer chance de defesa ao goleiro Álvaro Fernández.

O segundo saiu aos 34 minutos e foi muito parecido com o primeiro. Antoine Griezmann recebeu pelo meio, avançou sem marcação e, de longe, chutou no ângulo para marcar 2 a 0. Mais um golaço do Barcelona para ampliar a vantagem. No último lance do primeiro tempo, o Huesca diminuiu. Pênalti sobre Rafa Mir do goleiro Marc-André ter Stegen. Mir cobrou e marcou, reduzindo o placar para 2 a 1.

No começo do segundo tempo, logo a oito minutos, o Barcelona ampliou. Depois de cobrança de escanteio curto, Messi cruzou para o meio da área e Oscar Mingüeza subiu livre para tocar de cabeça e marcar 3 a 1. Pouco depois, Rafa Mir perdeu um gol praticamente feito, embaixo das traves, aos 12 minutos. Poderia ter dado mais fôlego para o time buscar o empate.

Com o placar controlado, o Barcelona pôde reduzir o ritmo e trabalhar com mais tranquilidade a bola. Os dois times fizeram muitas alterações na partida, usando as cinco substituições a que tinham direito.

No final, Messi recebeu no lado direito, com espaço, carregou a bola para o meio e chutou colocado, no canto, para fechar a conta no Camp Nou: 4 a 1, aos 45 minutos. O Barcelona segue embalado no Campeonato Espanhol na disputa pelo título e colocando pressão em um Atlético de Madrid que perdeu rendimento. Mesis ainda aumentou a vantagem na artilharia: são 21 gols, contra 18 do amigo e agora adversário Luis Suárez, do Atlético, que tem 18.

Na tabela, o Atlético de Madrid tem 63 pontos, quatro a mais que o Barcelona, que tem 59. O Real Madrid não deixa os dois dispararem e tem 57, ainda na disputa depois de uma vitória sofrida sobre o Elche. O Sevilla vem em quarto com 51 pontos depois de vencer o clássico com o Betis, já muito distante para almejar o título, mas confortável na disputa por uma vaga na Champions League. Isso porque a Real Sociedade é a quinta, com 45 pontos, e já está a uma distância razoável.

O Huesca segue na lanterna de La Liga, com 20 pontos, mas ainda sonha em escapar do descenso. O Elche, primeiro fora da zona de rebaixamento, tem 24 pontos. Uma distância ainda plenamente alcançável, com 11 rodadas para o fim do campeonato.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo