La Liga

Benzema salvou a pele do Real Madrid de novo, transformando um tropeço contra o Elche em virada agônica

Karim Benzema faz uma diferença brutal ao Real Madrid. Os bons resultados dos merengues nos últimos anos dependem, quase sempre, do poder de fogo do atacante. Sua lesão recente preocupava e o desafogo foi provocado logo na volta à equipe, com o gol no fim do clássico contra o Atlético de Madrid. Já neste sábado, Benzema faria toda a diferença para que o Real não desperdiçasse pontos acessíveis. A equipe começou perdendo para o Elche dentro do Estádio Alfredo Di Stéfano. A virada só se tornou possível com dois tentos do francês, que determinou a vitória por 2 a 1 nos acréscimos.

A partida se propunha de início um ataque contra defesa. O Real Madrid controlava a bola, mas era improdutivo diante da bem montada marcação do Elche. Os merengues rodavam os passes, sem espaço para finalizar. O time da casa só acertou seu primeiro chute no alvo aos 27 minutos, sem que Isco desse trabalho ao goleiro Edgar Badia. O Elche não representava perigo, mas começou a se sentir mais confiante a partir de meia hora. Diante da péssima jornada do Real, dava para almejar uma vitória. Antes do intervalo, Karim Benzema desperdiçaria boa chance, mas Thibaut Courtois precisaria intervir para afastar uma venenosa bola alçada de cabeça.

O segundo tempo voltou com o Real Madrid mais disposto a pressionar, mas poucos lances efetivos. A arbitragem começava a ficar em foco, com pênaltis não marcados dos dois lados. Entretanto, o Elche não precisava reclamar tanto, quando se tornava mais perigoso. Courtois realizou mais uma grande defesa, mas não evitaria o gol dos valencianos aos 16. Depois de uma cobrança de escanteio, Dani Calvo emendou de cabeça e a bola ainda bateu no travessão antes de entrar.

O gol premiava a boa atuação do Elche, mas os visitantes ainda teriam meia hora para se segurar. Zinédine Zidane promoveu três trocas com as entradas de Toni Kroos, Luka Modric e Rodrygo. O croata, sobretudo, seria importante para ditar o ritmo do Real Madrid. As ações dos merengues se tornavam mais contundentes, até o empate aos 27. Modric cruzou e Benzema emendou para dentro. Alívio aos anfitriões, mas só a vitória interessava.

Durante a reta final do jogo, o Real Madrid veio com tudo. Praticamente o time inteiro ocupava o terço ofensivo. Porém, o Elche também acertou sua marcação e não concedia muitos espaços às finalizações. Casemiro tentou duas vezes, levando perigo à meta valenciana, mas sem converter. Nacho também pararia no goleiro Badía. O gol da vitória só rolou aos 46, com o salvador Benzema. O francês tabelou com Rodrygo, numa linda devolução do brasileiro com o peito, até mandar o chute cruzado no cantinho. Foi decisivo.

O Real Madrid alcança os 57 pontos no Campeonato Espanhol. Fica a cinco de distância em relação ao Atlético de Madrid, ainda esperando os rivais entrarem em campo na rodada, diante do Getafe. Também secam o Barcelona, um ponto atrás, que pega o Huesca. Já o Elche corre seus riscos, somente um ponto acima da zona de rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!