Concacaf

Atlanta United é o único visitante a sair em vantagem na Liga dos Campeões da Concacaf

Barco marcou o gol da vitória fora de casa contra o Alajuelense, pelas oitavas de final da competição; Cruz Azul empatou contra clube haitiano e Timbers empataram em Honduras

A Liga dos Campeões da Concacaf começou a sua fase de oitavas de final nesta terça-feira com três jogos e o Atlanta United foi o único a sair com a vitória, fora de casa. Contra o Alajuelense, os americanos venceram por 1 a 0 na Costa Rica com gol de Ezequiel Barco. Outro americano, o Portland Timbers, empatou por 2 a 2 com o Marathón, em Honduras, enquanto o Cruz Azul empatou em 0 a 0 com o Arcahaie, do Haiti, em jogo disputado na República Dominicana.

O Atlanta conseguiu a vitória graças a um gol de pênalti de Ezequiel Barco no início do segundo tempo, aos quatro minutos. O placar de 1 a 0 tem um caráter histórico: foi a primeira vitória de um time da MLS na casa da Alajuelense, depois de três derrotas anteriores. Foi também a primeira vitória fora de casa do Atlanta United na Liga dos Campeões da Concacaf.

No final do jogo, o Alajuelense tentou pressionar no final e fez o jovem goleiro do Atlanta trabalhar. Rocco Rios Novo, de apenas 18 anos, fez as defesas necessárias, incluindo uma nos acréscimos, que garantiram a vitória.

Veja o gol de Barco e os melhores momentos do jogo:

Arcahaie tem motivos para orgulhar o Haiti com boa estreia

O clube haitiano Arcahaie teve motivos para comemorar a sua estreia na Liga dos Campeões da Concacaf. Na sua primeira partida pela competição na história, empatou em 0 a 0 com o poderoso Cruz Azul, seis vezes campeão no torneio. O jogo aconteceu no Estádio Olímpico Felix Sánchez, em Santo Domingo, na República Dominicana.

Os haitianos tiveram que mandar o seu jogo em outro país porque o seu estádio Stade Sylvio Cator, em Porto Príncipe, não atende os requisitos mínimos da competição. Além disso, a situação do país em termos de segurança é vista com certo temor. Antes de jogo pelas Eliminatórias da Copa, o ônibus da seleção de Belize foi parado por homens armados em porto Príncipe.

O jogo de volta é na próxima semana, na terça-feira, no Estádio Azteca, na Cidade do México. Qualquer vitória classifica os Cementeros, apelido do Cruz Azul. Empate com gols classifica o Arcahaie, o que seria um feito histórico.

Veja os melhores momentos do jogo:

Timbers esteve à frente duas vezes, mas sofreu empate do Marathón

O primeiro jogo que abriu a disputa das oitavas de final aconteceu entre o Marathón, de Honduras, e o Portland Timbers, dos Estados Unidos. O empate por 2 a 2 foi bem movimentado e os americanos estiveram em vantagem por duas vezes, e nas duas os hondurenhos conseguiram arrancar o empate.

O Timbers começou o jogo muito bem e teve chances de abrir o placar rapidamente. O gol sairia aos 35 minutos, depois Felipe Mora chutar de esquerda e vencer o goleiro ao acertar o cantinho. O empate não demorou. Aos 39, Brayan Castillo completou parta o gol um cruzamento de Edwin Solano e colocou 1 a 1 no placar.

No segundo tempo, o Timbers marcaria o segundo depois de uma cobrança de falta de Diego Valeri, que acertou o travessão, a bola bateu nas costas do goleiro Denovan Torres e entrou: 2 a 1, aos 14 minutos do segundo tempo. O empate viria aos 23 minutos, com um belo chute de Marlos Ramirez de pé esquerdo, no canto. Um chute preciso, que igualou o placar em 2 a 2.

Com o empate, o Marathón precisará marcar gols contra o Timbers em Portland se quiser se classificar. Ao Timbers, basta vencer em casa por qualquer placar para classificar. Os hondurenhos precisarão vencer fora de casa ou empatar por três ou mais gols de diferença para avançar. No caso de repetir o placar por 2 a 2, disputa nos pênaltis.

Veja os melhores momentos do jogo:

Jogos da semana na Concachampions:

Quarta-feira, 7 de abril

León (MEX) x Toronto (CAN)

Saprissa (CRI) x Philadelphia Union (EUA)

Olimpia (HON) x América (MEX)

Quinta-feira, 8 de abril

Atlético Pantoja (DOM) x Monterrey (MEX)

Real Esteli (HON) x Columbus Crew (EUA)


Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo