Brasileirão Série B

As lágrimas de Dudu ao saber que será comprado são mais um momento incrível do ano do Vitória

Dudu, volante de 24 anos, superou as dificuldades do início da carreira e foi premiado com contrato em clube em ascensão no cenário nacional

O ano do Esporte Clube Vitória, atual líder do Campeonato Brasileiro da Série B, principal candidato ao título da competição, e consequentemente ao acesso para a Série A do futebol nacional, pode ser dividido em duas partes bem distintas. Os primeiros seis meses do Leão Baiano foram muito ruins. Eliminado ainda na 1ª fase do campeonato estadual, o clube também ficou pelo caminho na fase inicial da Copa do Nordeste, com uma campanha bem abaixo do esperado com oito pontos somados, com um triunfo, três empates e quatro derrotas.

Se as coisas não funcionaram como o esperado na primeira metade do ano, quando o Campeonato Brasileiro da Série B começou, tudo mudou posteriormente. Contratações importantes chegaram, como a do zagueiro Wagner Leonardo, vindo do Portimonense de Portugal, o lateral-esquerdo Edson Lucas, vindo do Retrô-PE, e o volante Dudu, que fez um primeiro semestre fantástico pelo Volta Redonda, e hoje é uma das peças mais importantes no esquema de jogo do técnico Léo Condé.

Revelado nas categorias de base do Ferroviário do Ceará, o jovem volante de 24 anos, passou pelo Fortaleza até chegar no Volta Redonda, do Rio de Janeiro. Após fazer um ótimo Campeonato Carioca, tendo marcado um gol e dado uma assistência em 17 jogos, o volante foi contratado por empréstimo pelo Leão para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.

Passando por muitas dificuldades no início de sua carreira, Dudu incorporou o espírito lutador, e guerreiro do futebol nordestino em suas veias, e aliou sua incrível qualidade técnica com a bola, para ser uma válvula de escape no meio-campo da equipe baiana. Para o meio-campista, jogar no Rubro-Negro foi a oportunidade que qualquer jogador que vem de baixo no futebol nacional sempre esperou para mostrar serviço, e dessa forma, se firmar no competitivo cenário brasileiro.

Dudu disputou 15 jogos pelo Vitória neste Campeonato Brasileiro, e tamanho esforço dentro de campo foi recompensado de uma maneira muito emocionante nesta semana. Durante o Podcast do Leão, produzido pela própria equipe de comunicação do clube, o jogador foi avisado que seria contratado em definitivo (veja o momento a partir dos 15min30s do vídeo acima), e estará no elenco principal para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série A, caso o acesso seja confirmado. O recado do presidente do clube, lido pelo apresentador do programa, levou Dudu às lágrimas, pois fez o atleta se lembrar de sua trajetória no começo de sua carreira e das dificuldades que passou até chegar no Leão.

Toda a honra e toda a glória à Deus, que me deu toda a força para permanecer neste caminho, que não me fez desistir, quero agradecer à minha família também que me deu todo o apoio em todo o momento, e espero que esta trajetória dê certo, e seja longa aqui no Vitória, disse Dudu.

Campanha histórica do Vitória é resultado de resiliência e aprendizado

Com um time coeso, que soube superar o momento de oscilação dentro do Campeonato Brasileiro da Série B, o Vitória embalou uma sequência importante de triunfos, e que aumentam a esperança do torcedor de que o time possa confirmar o acesso antecipado à Série A do Campeonato Brasileiro nas próximas rodadas, e o título da competição com algumas rodadas de antecedência também. Nos últimos dez jogos, o Leão venceu seis partidas, empatou dois e perdeu outros dois, somando 20 dos 30 pontos possíveis no período, e se distanciando bem de seus adversários.

Após um início de ano bem abaixo do esperado, um elenco com idade avançada, e muitos problemas com lesões, a diretoria do Leão sobe identificar suas maiores necessidades dentro do plantel, manteve a administração do clube em ordem, e investiu em jogadores com enorme potencial, para formar um time competitivo, e que sob a batuta de Léo Condé, um dos técnicos mais prestigiados e mais qualificados da Série B, agora colhe os frutos deste trabalho sério, e que vem resultando em uma campanha de destaque.

Em 32 jogos, o Vitória venceu 19 partidas, empatou quatro, e perdeu apenas nove jogos. É o time que mais venceu na competição, e o que menos empatou dentre todos os 20 clubes que disputam a divisão. Com cinco pontos de vantagem para o Sport, segundo colocado com 56 pontos, a sequência de jogos do Leão é complicada, com pelo menos quatro confrontos diretos, mas que pode culminar com o acesso, e o título da Série B de forma antecipada.

Leão tem sequência decisiva, com quatro confrontos diretos em seis jogos

Restando seis jogos para o fim do Campeonato Brasileiro da Série B, o primeiro desafio do Leão nesta sequência será nesta sexta-feira (20), diante do Sampaio Corrêa, fora de casa, no Estádio Castelão, em São Luís. Após este confronto, o Vitória vai enfrentar nada mais nada menos do que quatro clubes que brigam diretamente pelo G4. Apesar da enorme dificuldade destes confrontos, caso some a quantidade de pontos suficiente, poderá comemorar o acesso e o título da competição.

Segundo dados fornecidos pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), serão necessários 69 pontos para conseguir o acesso para a Série A de 2024, e 75 para ser campeão. Como tem 61 pontos, caso some mais oito nos próximos três jogos, o Rubro-Negro fatalmente vai comemorar sua ida para a principal divisão do futebol brasileiro, e de quebra tirar as chances de seus concorrentes em conquistar a competição. Após o confronto diante do Sampaio Corrêa, o Vitória terá pela frente o Juventude (4º colocado), o Vila Nova (9º colocado) – porém quatro pontos do G4 – , o Novorizontino (6º colocado), e o vice-líder Sport.

Por mais difícil que seja esta sequência, garantir o acesso e quem sabe o título da Série B após esta maratona complicada de jogos será a coroação de um clube que aprendeu com seus erros no início da temporada, manteve sua comissão técnica, mesmo com os altos e baixos dentro da Série B, e que vem firme e forte para reconquistar seu espaço dentro da Série A, e aumentar ainda mais o poder do futebol nordestino dentro da principal divisão do futebol brasileiro, que já tem o Fortaleza e o Bahia como bons prospectos.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo