Brasil

São Paulo inscreve James no Campeonato Paulista e prepara meia para estreia em 2024

James é inscrito na vaga de Luiz Gustavo e deve fazer estreia na temporada nesta quarta contra a Inter de Limeira

James Rodríguez enfim poderá estrear pelo São Paulo em 2024. O meia foi inscrito pelo clube no Campeonato Paulista nesta segunda-feira (26) e adicionado no lugar de Luiz Gustavo na “Lista A” de atletas registrados na competição. Assim, o meia deve estar à disposição de Thiago Carpini já  contra a Inter de Limeira, na próxima quarta-feira (28), no Mané Garrincha, em partida válida pela quinta rodada.

A mudança na relação só foi possível porque o volante sofreu uma lesão no tendão de aquiles da perna direita e não conseguirá se recuperar a tempo de atuar no estadual. O Tricolor enviou um laudo ao Comitê Médico da Federação Paulista de Futebol (FPF) comprovando a gravidade do problema. O regulamento do Paulistão permite que um jogador substitua outro atleta lesionado, caso o prazo de recuperação vá além da duração do campeonato (entenda mais abaixo).

Inicialmente, o plano do São Paulo era preparar James para as fases decisivas da competição. Mas a lesão mudou os planos, como o próprio técnico Thiago Carpini já havia antecipado no último domingo (25).

– O Luiz foi detectado uma lesão. O prazo transcende o prazo da competição. O clube deve tomar providências a partir de amanhã (segunda-feira, 26) para fazer a troca do atleta. Espero que (o James) seja um reforço. Que ele entenda que tem os processos, e ele vai ser mais um para nos ajudar. Existe uma hierarquia que acima de tudo é o São Paulo. O nosso ambiente. Ele entendeu isso. Mesmo quando manifestou o interesse de não estar no clube, não criou mais problemas. A gente espera que ele nos ajude em algum momento da competição dentro de campo – disse o treinador.

Brecha no regulamento permite inscrição de James

James poderá jogar a primeira fase do Campeonato Paulista porque o regulamento da competição tem uma brecha que permite a sua inscrição imediata pelo São Paulo. Conforme o texto do documento disponível no site da Federação Paulista de Futebol (FPF), os clubes tinham até o dia 16 de fevereiro para fazer alterações na lista de 26 jogadores para a disputa da fase de grupos da competição. Mas uma especificidade prevista no inciso 10 do artigo “Condição de Jogo” abre a possibilidade de o colombiano ser inscrito ainda durante esta semana na competição.

Este artigo permite que um novo jogador seja inscrito mesmo depois do prazo caso ele substituta um jogador lesionado que não terá mais condições de atuar na competição. Para isto, o clube deve submeter um laudo médico que comprove a gravidade da lesão ao Comitê Médico da FPF.

Confira o texto do regulamento:

“O atleta lesionado poderá ser substituído pelo Clube, somente até o término da primeira fase da Competição, através da remessa de laudo médico comprobatório da lesão que o afaste do restante da competição e após a devida aprovação do Comitê Médico da FPF, que terá o prazo de até 48 (quarenta e oito) horas para emitir o parecer, quando o DCO promoverá a substituição do atleta lesionado por novo atleta a ser inscrito pelo Clube. Independentemente do prazo constante deste REC para registro de atletas para a disputa da Competição.

A condição física de James

James iniciou a pré-temporada em uma rotina de trabalhos à parte dos companheiros. O colombiano fazia exercícios sob controle de carga física para tentar se equiparar aos níveis físicos do restante do elenco. Durante este período, o jogador também sofreu com uma lesão na panturrilha, como relatou o técnico Thiago Carpini em entrevista após a vitória sobre o Água Santa.

– O nosso período de convívio foi curto. Não tenho o que falar do atleta e do ser humano. O que atrapalhou um pouquinho foi um incômodo de panturrilha. Foi recorrente, ele já havia tido uma lesão na panturrilha. A gente começou a dar um cuidado especial para tê-lo um pouco antes. Agora, não é da parte técnica, e não é da parte do clube o interesse de não contar com o atleta. É do interesse do próprio atleta. É um assunto da diretoria, institucional. Não técnico. Agora, vamos entender quais serão os processos. Não foi uma decisão técnica, foi uma decisão do clube. Uma decisão do próprio atleta – disse o técnico Thiago Carpini.

O treinador falou isso um dia depois do pedido de rescisão. Desde então, James seguiu treinando normalmente pelo clube. O jogador participava de todos os trabalhos técnicos e físicos com o restante do elenco e só ficava fora das atividades táticas, em preparação para as partidas. Agora, ele também foi incluído nestes trabalhos. A avaliação interna é de que James está apto para jogar e precisa apenas readquirir ritmo de jogo.

James Rodríguez voltará a atuar pelo São Paulo (Icon Sport)

A “novela” James Rodríguez

James Rodríguez esteve fora dos planos do São Paulo após ter pedido à diretoria para rescindir o contrato de forma amigável cerca de três semanas atrás. Mas ele próprio voltou atrás em sua decisão e pediu uma nova chance à diretoria e ao técnico Thiago Carpini. O colombiano foi atendido.

Mas tudo começou porque James estava descontente com a falta de oportunidades desde sua chegada ao clube. O meia se reuniu com a diretoria e pediu para deixar o São Paulo. Conforme apurado pela Trivela, ele estava disposto a abrir mão de todos os vencimentos mensais que tem a receber até o final do contrato, em 31 de dezembro de 2024. O valor total fica próximo dos R$ 16 milhões. Mas ele exigia o pagamento de cerca de R$ 10 milhões de direitos de imagem e luvas por sua contratação. Este impasse nunca foi resolvido por dirigentes e estafe do atleta e contribuiu para a permanência.

No pedido à diretoria, James afirmou que gostaria de passar mais tempo com a sua família, mas apontou as poucas oportunidades recebidas no clube como principal motivo para a sua saída. O meia sequer atuou nesta temporada devido à questão física – que sempre foi um problema desde sua chegada ao São Paulo. O colombiano abriu a pré-temporada em trabalhos com carga física controlada e nunca igualou os companheiros em termos de intensidade. Até por isso, ele não foi inscrito no Campeonato Paulista.

Neste meio-tempo, James seguiu treinando normalmente pelo São Paulo, enquanto esperava que a situação fosse resolvida. Mesmo fora dos planos, o meia recebia elogios por seu comprometimento nos treinamentos. Em paralelo às negociações entre seu estafe e a diretoria, o colombiano aguardava propostas de clubes do exterior (especialmente da MLS), mas elas não apareceram já próximo ao fim da janela de transferências.

Com tudo isso, James se desculpou com os companheiros e com o técnico Thiago Carpini por não ter integrado a delegação em Belo Horizonte e pediu para ser reintegrado ao elenco. Após uma reunião com a diretoria e o treinador na última terça-feira, o pedido foi atendido.

> Os próximos jogos do São Paulo:

  • 28/02/2024 – Inter de Limeira x São Paulo, às 21h35 (horário de Brasília), no Mané Garrincha;
  • 03/03/2024 – São Paulo x Palmeiras, às 20h (horário de Brasília), no MorumBIS.
  • 10/03/2024 – Ituano x São Paulo, às 16h (horário de Brasília), no Novelli Júnior.
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo