Brasil

Santos anuncia permanência de Morelos, não entende Lucas Lima e se vê seguro em briga por Carille

Presidente do Santos, Marcelo Teixeira confirmou a permanência de Morelos, falou sobre Lucas Lima e Carille em entrevista coletiva

O atacante Alfredo Morelos faz oficialmente parte do elenco do Santos para o início da temporada 2024. Na manhã desta sexta-feira (19), em entrevista coletiva para anunciar o acerto com o GT Foods, o presidente Marcelo Teixeira confirmou que o colombiano aceitou a redução salarial e será uma das opções disponíveis para o técnico Fábio Carille. O treinador, aliás, também foi um dos assuntos abordados pelo mandatário alvinegro por conta da ação que o V-Varen Nagasaki, do Japão, abriu contra o Peixe na Fifa, nas últimas horas.

O presidente também revelou que segue tentando negociar o meio-campista Lucas Lima, que faz parte do grupo de jogadores fora dos planos do Santos, mas que já recusou quatro proposta para deixar a Vila Belmiro. Uma delas do Sport, que se colocou à disposição a pagar a maior parte dos vencimentos do atleta.

Santos não entende a postura de Lucas Lima

Apesar de alegar que recusar as ofertas recebidas é um direito do jogador, o Santos não entende a postura de Lucas Lima ao optar por permanecer apenas treinando ao invés de se transferir para voltar a jogar.

– O Lucas Lima já rejeitou quatro propostas. Ele está fazendo escolhas. É o direito dele. Seguiremos fazendo esse trabalho, mas no limite. Não conseguimos entender ainda a preferência do profissional, mas respeitamos. Ele tem contrato em vigência. Vamos ver a próximas tratativas para ter o melhor desfecho possível – explicou Teixeira.

Marcelo Teixeira vê o Santos respaldado contra o V-Varen

Um outro assunto abordado pelo presidente Marcelo Teixeira foi a ação na Fifa movida pelo V-Varen contra o Santos por conta do não pagamento da multa rescisória para a contratação do técnico Carille.

– Por parte do Santos está encerrado. Vamos acompanhar com o nosso jurídico. Vamos aguardar. Nós fomos a reunião na boa intenção, intermediar essa relação do clube japonês com o Carille. Até fizemos algumas ações para que houvesse uma possibilidade de acordo para a rescisão trabalhista da comissão. Foi feita uma proposta e o clube japonês segue com outra visão dentro dessa relação trabalhista. O Santos analisou todo o processo jurídico. Temos por escrito e todo acompanhamento está sendo feito. Vamos apenas acompanhar todo o desenrolar dessa situação. O técnico e a comissão estão registrados. Representarão o Santos no trabalho. Não teremos problemas para registrar jogadores. Todos foram registrados já para representar o Santos neste sábado – disse o mandatário.

Morelos aceita reduzir os salários para ficar

Antes dono do maior salário do elenco do Santos, o colombiano Morelos, após um longo período de negociações, concordou em reduzir os seus vencimentos mensais.

– Já ocorreu a negociação e já está enquadrado no teto salarial do clube. Demorou um pouco mais por ser um dos salários mais altos do elenco e houve a adequação, está adequado ao teto salarial máximo – confirmou.

Por fim, Marcelo Teixeira colocou fim nos rumores de que o Santos poderia disputar a Copa do Brasil por meio de um convite.

– Não fomos com o intuito de fazer convite à Copa do Brasil. Já foi divulgado o regulamento e tabela. Então, por parte do Santos, não tem nada referente a isso. Fomos apenas para participar da reunião – finalizou

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna
Botão Voltar ao topo