Brasil

Palmeiras garante espinha dorsal do time para o futuro com pacote de renovações – e vem mais por aí

Palmeiras anunciou recentemente renovações contratuais com Murilo, Gabriel Menino e Zé Rafael

O Palmeiras mal havia festejado o bicampeonato brasileiro e já anunciava a permanência de Abel Ferreira ao menos até o final de 2024. Mas o clube faz uma série de movimentos para garantir o seu futuro até mesmo além disso. Desde a virada do ano, o Alviverde anunciou um pacote de renovações de contrato. Uma estratégia que garante que a equipe mantenha uma espinha dorsal nos próximos anos, independentemente de quem será o comandante a partir de 2025.

O clube oficializou nos últimos dias as prorrogações de contrato do zagueiro Murilo e dos meio-campistas Gabriel Menino e Zé Rafael. Elas se somam às renovações contratuais anteriores do goleiro Marcelo Lomba e do lateral-direito Marcos Rocha – dois jogadores mais experientes, cujos vínculos foram prorrogados por apenas mais uma temporada.

Tratam-se de movimentações para garantir estabilidade a jogadores que hoje são pilares da equipe. Uma política adotada pela diretoria já há algum tempo. A ideia é valorizar os atletas que formam a base campeã dos últimos anos, sob o comando de Abel Ferreira.

O primeiro desta leva a renovar foi o Murilo. O zagueiro prorrogou o vínculo que ia até 2026 por mais uma temporada, até o fim de 2027. Após chegar ao clube sem grande alarde, o defensor virou titular absoluto da equipe de Abel Ferreira e chegou a recusar o interesse de outras equipes, como o Flamengo, para seguir no Alviverde.

Depois, foi a vez de Gabriel Menino. O meio-campista também ampliou seu vínculo até o fim de 2027. Ele faz parte do elenco principal do Palmeiras desde 2020 e sempre teve participações nos títulos conquistado pelo clube desde então.

O pacote de renovações foi fechado (por ora) neste sábado (6), com o anúncio da prorrogação de Zé Rafael até o final de 2026. No clube desde 2019, o agora volante foi peça-chave na conquista do Brasileirão em 2023. A pedido de Abel Ferreira, ele recuou posições no campo para suprir a ausência de Danilo, negociado com o Nottingham Forest. Deu tão certo, que ele não saiu mais de lá.

Palmeiras prepara ainda mais renovações

Não bastasse o pacote de renovações anunciado ao longo dos últimos dias, o clube também já tem outros acordos para prorrogar contratuais alinhados. O clube encaminhou um acerto com Weverton para ampliar o seu contrato até o final de 2026, quando o goleiro estará com 39 anos. O vínculo atual já era longo, até o fim de 2025.

Mayke também caminha neste mesmo sentido. O clube já tem um acerto encaminhado com o jogador para prorrogar o vínculo por mais duas temporadas. O lateral é um dos seis jogadores cujo contrato vai apenas até o final do ano.

Os outros casos não chegam a exatamente preocupar a diretoria palmeirense, mesmo que estes atletas já possam assinar um pré-contrato com outra equipe a partir de 1º de julho. Marcos Rocha e Marcelo Lomba serão avaliados ao longo ano antes de uma definição sobre a prorrogação contratual – como já ocorreu. Breno Lopes e Luan seguem prestigiados pelo departamento de futebol e devem ter conversas nos próximos dias. Esteves era outro atleta com vínculo curto, mas ele foi emprestado ao Vitória.

Além das renovações, Palmeiras já anunciou três reforços

O Palmeiras vive uma janela de transferências ativa e não apenas pelas renovações. O clube já anunciou três reforços para 2024. O último deles foi Caio Paulista. O Alviverde oficializou a chegada do lateral ex-São Paulo na última sexta-feira (5), com contrato até o final de 2028. A negociação custou 3,8 milhões de euros (cerca de R$ 20,4 milhões) na compra do jogador junto ao Fluminense pelo jogador. Antes dele, o clube já havia oficializado as chegadas do atacante Bruno Rodrigues e do volante argentino Aníbal Moreno.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Foto de Diego Iwata Lima

Diego Iwata Lima

Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, cursou também psicologia, além de extensões em cinema, economia e marketing. Iniciou sua carreira na Gazeta Mercantil, em 2000, depois passou a comandar parte do departamento de comunicação da Warner Bros, no Brasil, em 2003. Passou por Diário de S. Paulo, Folha de S. Paulo, ESPN, UOL e agências de comunicação. Cobriu as Copas de 2010, 2014 e 2018, além do Super Bowl 50. Está na Trivela desde 2023
Botão Voltar ao topo