Brasil

Os feitos de Marcelo Paz no Fortaleza que justificam o desejo do Corinthians

Augusto Melo entrou em contato com CEO do time cearense, o convidando para assumir mesmo cargo no time paulista

CEO do Fortaleza desde 2023, Marcelo Paz reformulou o clube cearense em praticamente todos os setores, transformando o Tricolor de Aço em um time competitivo nacional e continentalmente.

Tamanho sucesso à frente do clube nordestino despertou o interesse do presidente do Corinthians, Augusto Melo, para fazer de Paz o CEO do Alvinegro, a fim de reestruturar o clube paulista.

Melo ligou para o CEO do Fortaleza há 15 dias, contato este confirmado por Paz. Ele também afirmou que conversará novamente com o presidente corintiano, mas que ainda não tem uma resposta sobre o convite.

“Eu recebi uma ligação do Augusto, muito educada, com muito cuidado, ele sabe que tenho um vínculo profissional e afetivo com o Fortaleza pela minha história no clube.

Conversamos há cerca de 15 dias como foi noticiado, e eu devo conversar com ele novamente. Não tenho uma resposta para dar, não vou responder pela imprensa”, confirmou Marcelo Paz.

Corinthians busca CEO para reformular parte administrativa

Em crise dentro e fora do campo, a última semana foi muito conturbada pelos lados do Parque São Jorge. Desde o rompimento do patrocínio master por parte da VaideBet, até a saída do goleiro Carlos Miguel, que deve ir para a Inglaterra, as más notícias não param de chegar no Alvinegro.

Além dos problemas com patrocinadores e atletas, o Corinthians enfrentou uma debandada de parte dos seus diretores, agravando ainda mais a situação administrativa do clube.

Após a divulgação da quebra de contrato com a VaideBet, o diretor financeiro Rozallah Santoro e o diretor-adjunto de futebol, Fernando Alba, entregaram seus cargos.

O diretor de futebol Rubens Gomes e o diretor jurídico Yun Ki Lee também já haviam saído do clube, juntamente ao superintendente de marketing Sérgio Moura, que se licenciou.

A ideia de Augusto Melo é trazer um CEO para organizar o Corinthians, e Marcelo Paz seria o nome ideal para tentar reconstruir o time de Parque São Jorge.

Tem como piorar? Corinthians agrava crise com empate no fim e acumula problemas para clássico
Após semana turbulenta por problemas políticos, Corinthians tropeça contra Atlético-GO (Foto: Icon Sport)

Por que Marcelo Paz foi sondado para a vaga

Marcelo Paz tornou-se presidente do Fortaleza em 2017. Acompanhou de perto a saída do Leão do Pici da Série C, e a conquista do título da Série B em 2018.

Trabalhou na reestruturação da equipe dentro e fora dos gramados, sendo fundamental para o gerenciamento sustentável do clube.

Durante seu comando, o Fortaleza teve como premissa não trocar de treinadores tantas vezes, chegando longe sob o comando de Rogério Ceni, e agora com Juan Pablo Vojvoda, técnico desde 2021.

Paz organizou o Fortaleza a tal ponto, que conseguiu levar a equipe a uma disputa de Copa Libertadores, sendo o primeiro clube cearense a disputar a competição sul-americana.

Além disso, conquistou também Copa do Nordeste em três oportunidades (2019, 2022 e 2024) e o pentacampeonato cearense (2019, 2020, 2021, 2022 e 2023).

Marcelo Paz renunciou ao cargo de presidente do Fortaleza em dezembro de 2023, assumindo o cargo de CEO da SAF. E seus feitos o credenciam para a vaga no Corinthians.

Apesar de convite, Marcelo Paz deve ficar no Fortaleza

Segundo apuração feita pelo GE, três motivos embasam o argumento de que Marcelo Paz deva ficar na equipe do Fortaleza e recusar o convite de Augusto Melo:

  1. A identificação que Paz tem com a torcida do Leão.
  2. O atual CEO do Fortaleza não gostaria deixar o clube no meio da temporada;
  3. O projeto atual do Tricolor cearense o agrada muito ao atual gestor.

O desafio no Corinthians precisa de alguém capacitado a tomar decisões importantes. O convite feito pelo presidente Alvinegro pode ter balançado o sentimento de Marcelo Paz, que deve dar uma resposta definitiva nos próximos dias.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo