Brasil

Larcamón adianta planos para o clássico e alinha discurso com diretoria do Cruzeiro

Treinador do Cruzeiro, Nicolás Larcamón concedeu entrevista coletiva após o empate desse sábado (27), contra o Athletic, na Arena do Jacaré

O Cruzeiro não saiu do empate por 1 a 1 contra o Athletic, em partida disputada nesse sábado (27), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. Os gols do jogo foram marcados por Jonathas, para a equipe de São João del-Rei, e Wesley Gasolina, para o time celeste. O próprio Gasolina e o zagueiro Neris, ambos da Raposa, foram expulsos na partida e não enfrentam o rival Atlético-MG no próximo sábado (3). Após o fim da partida, Nicolás Larcamón concedeu entrevista coletiva, onde falou sobre o momento da equipe, contratações e decisões sobre o clássico de sábado (3).

Questionado sobre a busca por reforços, Larcamón se mostrou totalmente alinhado com o discurso da diretoria celeste. Segundo ele, serão poucas contratações mas que acrescente qualidade ao elenco, elevando o nível do mesmo, algo que é dito pela gestão da SAF estrelada desde o final de 2023. Ainda assim, ele pontuou que espera que os reforços cheguem “bem antes de março”.

— O acordo com a direção, algo que falamos sempre, é valorizar o que temos no time, para depois ver o que precisamos. Com dois jogos, mais treinos, é o melhor momento para definir o que precisamos de melhor. Foi essa estratégia no início, dar margem de tempo para não contratar de qualquer jeito sem diagnóstico. A necessidade tem que ser para aumentar a qualidade, não a quantidade. Que sejam jogadores para dar um salto qualitativo na estrutura que temos. Essa é a busca e queremos tomar decisões o quanto antes, tomara que bem antes de março — declarou Larcamón.

Em diversas ocasiões, o diretor de futebol do Cruzeiro, Pedro Martins, deixou claro que é indispensável que os profissionais que cheguem ao clube caminhem na mesma direção da diretoria, então dificilmente veremos discursos públicos conflitantes. Sendo assim, as entrelinhas se tornam ainda mais importantes e Nico pontuar que agora é o momento ideal para definir os reforços e que espera que tais decisões sejam tomadas o quanto antes infere que o argentino está preocupado com a formação do elenco e que, mesmo num momento inicial da temporada, vê como primordial a celeridade no fechamento do elenco.

Preparação para o clássico contra o Atlético-MG

O Cruzeiro enfrentará o Atlético-MG, na Arena MRV, no próximo sábado (3), às 19h30, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro. A expectativa é grande pelo primeiro clássico de 2024, em especial pelo clima de animosidade criado após a partida do segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2023, vencida pela Raposa. Nico Larcamón afirmou entender o peso da partida, lamentou ela acontecer logo no início da temporada e adiantou alguns planos para o confronto.

Segundo ele, o volante Lucas Romero, ídolo da torcida e que retornou ao clube após quatro anos, estará à disposição para a partida. O camisa 29 não atuou nos dois primeiros jogos da temporada por estar se recuperando fisicamente, visto que teve uma temporada de 2023 mais longa, visto que disputou o Mundial de Clubes da Fifa pelo León, do México, seu ex-clube, onde era comandado pelo próprio Larcamón.

Sem poder contar com a dupla Wesley Gasolina e Neris, expulsos na partida contra o Athletic, Larcamón precisará mudar pelo menos uma peça em seu time titular, visto que o zagueiro foi titular nas duas primeiras partidas de 2024. Brigam por sua vaga os zagueiros Lucas Oliveira, João Marcelo, Ruan Santos e o lateral-direito Helibelton Palacios, que foi titular na zaga na estreia da equipe, contra o Villa Nova. Nicolás Larcamón afirmou que os treinamentos da semana irão definir quem começa jogando no sábado.

Nico Larcamón avalia jogadores e estilo de jogo do Cruzeiro

Nicolás Larcamón ainda comentou sobre alguns atletas em específico. Criticados por seus desempenhos, Arthur Gomes e Lucas Silva foram defendidos pelo treinador, que exaltou a melhora dos dois em relação à estreia, ressaltando que a tendência é que eles evoluam com o passar dos jogos e treinamentos.

Ele comentou também sobre o posicionamento de Marlon, mais defensivo, e o de Lucas Silva, que tem jogado mais recuado. Primeiro, afirmou que as valências ofensivas do camisa 3 irão se destacar conforme os jogos forem acontecendo. Depois, afirmou que entende que a forma que Lucas tem atuado é a melhor, pois ele consegue ficar de frente, conseguindo ter espaço para criar jogadas nas entrelinhas da marcação adversária.

Por fim, revelou que Fernando e Vitinho, destaques do Cruzeiro na Copinha, serão incorporados ao time profissional, declarando que outros nomes estão sendo observados, mas que a promoção depende de carências do elenco. Isso remete ao que disse Fernando Seabra, após a perda da final da Copinha 2024, quando ele ressaltou que subir atletas para posições com muita concorrência, onde não poderão jogar, faz com que os garotos fiquem sem ritmo e, assim, corram o risco de involuir.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo