O Vila Nova ainda precisa esperar mais uma semana, mas tem motivos de sobra para acreditar na conquista da Série C. O Tigre passou o trator sobre o Remo, na primeira partida da decisão. O objetivo de ambos os clubes está cumprido, com o acesso à Segundona, ao lado de Brusque e Londrina. Ainda assim, uma vitória nestas proporções impressiona. O Remo até saiu em vantagem em Goiânia, mas o Vila não só virou, como também goleou por 5 a 1. Ficou fácil garantir o título pela terceira vez na história colorada, após as conquistas de 1996 e de 2015. A volta acontece no próximo sábado, no Mangueirão.

Vale ponderar que o Remo chegou a Goiás com o elenco esfacelado. O clube enfrenta um surto de COVID-19, que afetou 11 jogadores, além de membros da comissão técnica e funcionários. O Leão contou com apenas 17 atletas à disposição, incluindo três garotos puxados da base para a decisão. Enquanto isso, o Vila Nova tinha o plantel praticamente completo. A exceção era Emanuel Biancucchi, suspenso após definir o acesso contra o Ituano.

O Remo parecia pronto a surpreender em Goiânia ao anotar o primeiro gol com dez minutos, em escanteio cobrado por que Gilberto Alemão completou de cabeça. A força do Leão, porém, acabou por aí. O Tigre reinou no restante do jogo e empatou aos 24, após algumas chances. Numa cobrança de escanteio, a bola sobrou para Talles matar no peito e arrematar. O Vila Nova seguiu melhor, até virar aos 36, com um tiro de Talles no cantinho. E ainda caberia o terceiro nos acréscimos, numa linda cobrança de falta de Mineiro, rumo ao ângulo.

As esperanças do Remo terminariam de ser dizimadas na volta ao segundo tempo. anotou o quarto aos 13 minutos. Pablo fez o lançamento e o atacante, de frente para o gol, deu um toque por cobertura na saída do goleiro . O Vila Nova seguia melhor e fechou a conta aos 25, com mais um de Henan. Pablo de novo iniciou a jogada, em chute para o companheiro desviar de cabeça no meio do caminho. Depois disso, o Tigre se daria por satisfeito e administraria o resultado.

O Vila Nova terá compromissos pela Copa Verde e pelo Campeonato Goiano no meio de semana. Ainda assim, deverá poupar forças pensando no reencontro no Mangueirão. O Remo tentará recuperar seu elenco para uma reviravolta, mas a situação parece praticamente perdida ao Leão. Depois da promoção assegurada no apertado Grupo C, o Tigre tem tudo para aumentar sua galeria de troféus na Terceirona distanciar do Atlético Goianiense como maior vencedor da competição nacional.