Brasil

Pavón dá ótimo cartão de visitas e mostra que pode ser uma das referências técnicas do Grêmio

Com um gol e duas assistências, Pavón teve grande estreia pelo Grêmio e promete ser uma das referências técnicas do Tricolor Gaúcho já para o clássico Gre-Nal da próxima semana

O Grêmio mais uma vez não jogava bem. Depois de abrir 2 a 0 com apenas 16 minutos de jogo, permitiu ao Santa Cruz, lanterna do Campeonato Gaúcho, empatar ainda na primeira etapa. Coube então a Cristian Pavón — que estreou ao ingressar na volta do intervalo, assim como Du Queiroz — mudar a história do jogo. Com um gol e duas assistências, o atacante argentino deu ótimo cartão de visitas, e foi decisivo para garantir a goleada gremista por 6 a 2.

Logo na primeira tentativa, aos três minutos do segundo tempo, Pavón mostrou suas credenciais, de partir para cima da marcação e arriscar sempre que possível. Depois de cortar para dentro, ele chutou colocado, de canhota, à esquerda do gol de Marcelo Pitol.

Essa foi a primeira das quatro finalizações de Pavón no jogo. Uma delas morreu no fundo das redes, e recolocou o Grêmio na frente do marcador. Aos 21 minutos, após André Henrique escorar, o atacante argentino chutou cruzado. A bola ainda desviou na defesa e passou por baixo de Marcelo Pitol.

Mas Pavón também mostrou que sabe ser garçom. No quinto gol do Grêmio, aos 32 minutos, cruzou rasteiro, da direita, para João Pedro Galvão fuzilar. Aos 44, da esquerda, cruzou de canhota na cabeça de André Henrique, que só teve o trabalho de conferir para as redes e dar números finais ao jogo.

O curioso é que Pavón fez tudo isso com apenas um dia de treinamento com os companheiros de Grêmio. Ele chegou em Porto Alegre na quinta-feira (15), treinou, foi anunciado e regularizado na sexta (16), e no sábado já estreou (17), sem sequer ter sido apresentado oficialmente pelo clube em entrevista coletiva, o que deve acontecer durante a próxima semana.

Pavón pode virar referência técnica do Grêmio já no Gre-Nal

O desempenho na estreia foi o suficiente para empolgar a torcida do Grêmio, que aguardava ansiosamente por contratações depois da saída de Luis Suárez para o Inter Miami. Se o substituto para a função de centroavante, Diego Costa, não é unanimidade, as referências técnicas do Tricolor Gaúcho em 2023 podem estar pelo lado do campo.

Nas primeiras partidas do Gauchão, Soteldo teve grandes atuações. Até por isso, sua grave lesão muscular, no jogo contra o Juventude, foi muito lamentada, e deixou lacuna técnica no time do Grêmio. Que pode ser preenchida, cada vez mais, pelo promissor Gustavo Nunes. Mas tem em Pavón um jogador já pronto para a outra beirada do campo.

Pelo que fez em 45 minutos contra o Santa Cruz, Pavón já se escalou para o clássico Gre-Nal de domingo (25), às 18h, no Beira-Rio, pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. Sua entrada é lógica, até porque o titular da ponta direita vem sendo o contestado Galdino.

Mais do que isso, Pavón pode ser a grande arma do Grêmio para o duelo no Beira-Rio. Até porque Diego Costa ainda não deve estrear. Falta mais de uma semana, mas já é possível projetar que as jogadas do ponta argentino em cima de Renê devem ser bastante exploradas pelo time de Renato.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo