Brasil

De olho na final contra o Cruzeiro, era Milito começa no Atlético-MG

Gabriel Milito terá menos de uma semana até a sua complicada estreia em uma final contra o Cruzeiro

O Atlético-MG anunciou na manhã de domingo (24) que tinha um novo treinador: o argentino Gabriel Milito. O técnico chegou a Belo Horizonte na madrugada desta segunda-feira (25) – dia do aniversário do clube –, e já comandou o seu primeiro treino. A estreia dele no comando do Galo será “só” na final do Campeonato Mineiro, no clássico contra o Cruzeiro, na Arena MRV.

Gabriel Milito desembarcou em Belo Horizonte no início da madrugada, e confirmou que já estará na beira do campo no sábado (30), contra o Cruzeiro. O comandante argentino se apresentou ao elenco na manhã desta segunda. Depois disso, foi a campo para o seu primeiro treinamento.

O Atlético não liberou muitas imagens do treino, mas, as que soltou, dá para ver ele conversando com os atletas na sala de musculação, cumprimentando todos os jogadores e, depois, no campo, já dava suas instruções para o time.

Vale lembrar que o estilo de jogo de Milito é completamente diferente do que Felipão trabalhou no Atlético, ou seja, o argentino precisará de tempo e treino para moldar o time do seu jeito. Mesmo com apenas cinco dias até sua estreia, o provável é que veremos um Galo bem diferente em campo, não necessariamente nos jogadores escolhidos, mas no estilo na disposição.

A única semana cheia de treinos

Gabriel Milito não terá muito tempo para trabalhar sua ideia de jogo no Atlético. Na verdade, essa será a única semana cheia de treinos que terá nos seus primeiros dois meses no clube. A partir de sábado, o Galo inicia uma maratona de 19 jogos em 63 dias, o que dá uma média de uma partida a cada 3,3 dias — além de que vai viajar mais de 22 mil km.

Diante desse cenário, Gabriel Milito vai trabalhar com o time em dois períodos. Nesta segunda, os atletas voltam a campo com ele na parte da tarde. Na terça (26), o mesmo esquema, de treinos matinais e a tarde. A partir de quarta, os treinamentos voltam a ser apenas pela manhã.

Gabriel Milito já em cima das jogadas no primeiro treino do Galo (Pedro Souza/Atlético)

A sequência do Atlético é tão insana que nem descanso os atletas vão ter. Após encarar o Cruzeiro no sábado, os jogadores já estarão na Cidade do Galo de novo no domingo, visando a estreia na Libertadores, que acontece na quinta (4), na difícil logística para ir até a Venezuela, contra o Caracas, que não vive boa fase — muito pelo contrário.

Milito estreia já com pressão?

Pode parecer um absurdo, mas Gabriel Milito vai estrear no Atlético já sob muita pressão. Mas, essa culpa não é dele. O clássico contra o Cruzeiro, vai marcar o terceiro encontro entre os times na Arena MRV. Nos dois anteriores, sob o comando de Felipão, o Galo foi muito mal e saiu de campo derrotado na sua própria casa, o que enfureceu a torcida.

Diante desse cenário, o Atlético não pode nem pensar em pelo menos empatar no sábado. Vencer é a única alternativa do time contra o Cruzeiro. Além disso, o Galo também entra em desvantagem contra o maior, que pode jogar por dois resultados iguais para ser campeão. Ou seja, o Alvinegro precisa vencer para “roubar” a vantagem celeste.

É claro que Milito não tem culpa nenhuma da pressão que vai sofrer, já que os pressionados mesmo são os jogadores que estavam em campo nos dois duelos citados, mas, sem dúvidas, sofrerá, mesmo que indiretamente, com essa questão.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo