Copa do Brasil

Sensação carioca, Nova Iguaçu promete trazer dificuldades para o Internacional na segunda fase da Copa do Brasil

Adversário do Internacional na segunda fase da Copa do Brasil, Nova Iguaçu estreou com goleada por 8 a 0, é sensação do Campeonato Carioca e conta com um dos principais artilheiros do futebol brasileiro em 2024

Depois de passar pelo ASA, com vitória por 2 a 0, em Arapiraca–AL, na quarta-feira (28), o Internacional já sabe quem será seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil: o Nova Iguaçu, que estreou no torneio com goleada acachapante de 8 a 0 sobre o Itabuna, em Ilhéus–BA. Para além desse expressivo resultado, o desempenho apresentado pela equipe da Baixada Fluminense no Campeonato Carioca promete trazer dificuldades para o Colorado no jogo único, no Rio de Janeiro.

O Nova Iguaçu é a grande sensação do Cariocão. Já classificado para a semifinal com uma rodada de antecedência, o ‘Orgulho da Baixada' soma, até aqui, 21 pontos em 10 jogos. Foram seis vitórias, três empates e uma derrota, com 16 gols marcados e 12 sofridos.

A única derrota foi para o Fluminense, por 3 a 0, na quarta rodada. Porém, o Nova Iguaçu dificultou a vida dos outros grandes do Rio de Janeiro. Empatou por 1 a 1 com o Flamengo e em 2 a 2 com o Botafogo, e venceu o Vasco por 2 a 0. O segundo gol da vitória sobre o Cruzmaltino, marcado por Lucas Campos, contou com linda jogada coletiva, que viralizou nacionalmente.

Centroavante do Nova Iguaçu, Carlinhos divide artilharia do futebol brasileiro em 2024

Do ponto de vista individual, o principal destaque do Nova Iguaçu é o centroavante Carlinhos, de 27 anos e 1,95 m. Com nove gols na temporada — oito no Campeonato Carioca, e um na Copa do Brasil — ele é o maior artilheiro do futebol brasileiro em 2024, ao lado de Robson, do Coritiba.

Carlinhos (D) em disputa de bola no jogo contra o Botafogo. Foto: Vitor Silva/Botafogo FR

Formado no Corinthians, Carlinhos passou por diversos clubes do interior de São Paulo, como Grêmio Novorizontino, Oeste, Santo André e São Caetano. No ano passado, ele marcou oito gols na Série D do Campeonato Brasileiro pelo Camboriú–SC, seu último clube antes de chegar no Nova Iguaçu.

Internacional reencontrará Andrezinho, ex-jogador do clube e atual coordenador técnico do Nova Iguaçu

O inédito confronto entre o Orgulho da Baixada com o Internacional também marcará um reencontro. Ex-jogador colorado, e de Flamengo, Botafogo e Vasco, Andrezinho é coordenador técnico do Nova Iguaçu. Ele assumiu o cargo após pendurar as chuteiras no próprio clube, em 2019.

Andrezinho é coordenador técnico do Nova Iguaçu desde 2019. Foto: Vitor Melo/Nova Iguaçu FC

Lembrado sempre por ser exímio batedor de faltas, Andrezinho jogou no Internacional de 2008 a 2011, período vencedor da história do clube. Com o Colorado, ele conquistou a Copa Sul-Americana de 2008, a Libertadores de 2010, e a Recopa Sul-Americana e a Copa Suruga de 2011.

Segunda fase da Copa do Brasil tem jogo único, mas sem vantagem para os visitantes

O confronto entre Nova Iguaçu e Internacional, assim como os demais duelos da segunda fase da Copa do Brasil, ainda não tem data e horário definidos. Pelo calendário estipulado pela CBF, os jogos estão previstos para ocorrerem nas semanas dos dias 6 e 13 de março. O Orgulho da Baixada estará em meio à disputa da semifinal do Campeonato Carioca. Já para o Colorado, a partida eliminatória pela competição nacional antecipará ou as quartas, ou a semifinal do Campeonato Gaúcho.

A segunda fase da Copa do Brasil ainda é com jogo único. Porém, o mando de campo, que neste caso é do Nova Iguaçu, foi sorteado previamente. Assim, diferentemente da primeira fase, empate não favorece o visitante melhor ranqueado — leva a disputa para os pênaltis.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo