Copa do Brasil

Libertadores é o caminho para o Flamengo atingir importante meta estipulada para 2024

O próximo compromisso do Rubro-Negro será diante do Millonarios, da Colômbia, e um triunfo fará com que o clube embolse mais em premiações

O Flamengo conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil ao desbancar o Amazonas e, com a paralisação do Campeonato Brasileiro, só volta a campo na terça-feira (28), para enfrentar o Millonarios, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Uma vitória simples coloca o Rubro-Negro no mata-mata da competição mais importante da América e o deixa mais próximo das metas orçamentárias de premiação.

Nessa nota, a Trivela irá relembrar essas metas e entender o quanto o Flamengo já faturou em competições nesta temporada, entre Carioca, FC Series, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores.

Quanto o Flamengo já recebeu em 2024?

Surpreende, mas o Flamengo só embolsou cifras de premiações na Copa do Brasil e Libertadores. Pelo terceiro ano consecutivo, o Campeonato Carioca não teve uma compensação financeira para o campeão, e o Rubro-Negro, que bateu sua meta esportiva, ficou apenas com os direitos de transmissão do torneio. A FC Series, competição de pré-temporada disputada na Flórida, nos Estados Unidos, seguiu a mesma linha.

Como o Campeonato Brasileiro só premia as equipes depois do fim da competição, sobraram apenas os torneios de formato mata-mata. A classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil rendeu R$ 3,465 milhões aos cofres do Flamengo, que já totaliza R$ 5,670 milhões em prêmios nesta edição. A Libertadores, por sua vez, já trouxe R$ 15 milhões somente pela participação na fase de grupos e mais R$ 3,3 milhões em vitórias.

Pedro garantiu a classificação na Copa do Brasil e mais dinheiro aos cofres do Flamengo (Foto: Divulgação/CRF)

No total, o Flamengo já conseguiu quase R$ 25 milhões em premiações em 2024. Os números são expressivos, mas podem — e devem — ficar ainda melhores, diante das metas orçamentárias estipuladas pelo clube no início de 2024.

  • Copa do Brasil – R$ 5,670 milhões;
  • Libertadores – R$ 15 milhões pela participação na fase de grupos;
  • Libertadores – R$ 3,3 milhões pelas vitórias.

Classificação na Libertadores é fundamental

A situação do Flamengo na fase de grupos já esteve mais complicada. O Rubro-Negro conseguiu se tranquilizar com a goleada sobre o Bolívar, que deixou a equipe na segunda posição do Grupo E, entrando na última rodada. O principal concorrente pela vaga nas oitavas é o Palestino, que subirá à altitude de La Paz para tentar o improvável, enquanto Tite e companhia recebem o Millonarios, no Maracanã, dependendo apenas de uma vitória simples.

Mais do que a oportunidade de entrar em campo pelo mata-mata da Libertadores, a classificação também renderá altos valores aos cofres do Flamengo: R$ 6,3 milhões. Um triunfo no Maracanã traz mais R$ 1,66 milhão ao Rubro-Negro. Dessa forma, o clube pode terminar a próxima semana com mais de R$ 30 milhões em premiações na temporada. As expectativas, contudo, são um pouco mais altas.

As metas orçamentárias estipuladas pelo Flamengo são idênticas nos dois torneios de formato mata-mata. A diretoria espera que Tite e companhia levem o clube à semifinal da Libertadores e da Copa do Brasil, além da segunda colocação do Campeonato Brasileiro. Se conseguir bater todas, o Rubro-Negro tende a embolsar mais de R$ 100 milhões em prêmios nesta temporada.

Como o Flamengo operará em 2024 (Foto: Divulgação/CRF)

Veja quanto o Flamengo ainda pode faturar em 2024

  • Copa do Brasil:
    Quartas de final: R$ 4,515 milhões;
    Semifinais: R$ 9,45 milhões;
    Vice-campeão: R$ 31,5 milhões;
    Campeão: R$ 73,5 milhões.
  • Libertadores:
    Oitavas de final: US$ 1,25 milhão (R$ 6,3 milhões)
    Quartas de final: US$ 1,7 milhão (R$ 8,55 milhões)
    Semifinal: US$ 2,3 milhões (R$ 11,6 milhões)
    Vice-campeão: US$ 7 milhões (R$ 35,2 milhões)
    Campeão: US$ 23 milhões (R$ 115,7 milhões)
  • Campeonato Brasileiro*
    *Premiação total não definida, mas estima-se que R$ 500 milhões sejam distribuídos entre todas as equipes. O campeão fatura 10% desses valores, ou seja, cerca de R$ 50 milhões.
Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

Jornalista formado pela PUC-Rio. Da final da Libertadores a Série A2 do Carioca. Copa do Mundo e Olimpíada na bagagem. Passou por Coluna do Fla e Lance antes de chegar à Trivela, onde apura e escreve sobre o Flamengo desde 2023.
Botão Voltar ao topo