Copa do Brasil

Óscar broca na estreia, e Bahia dá show contra Moto Club para se classificar na Copa do Brasil

Com o ataque inspirado, o Bahia goleou o Moto Club fora de casa para garantir sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil

Nesta quarta-feira (21), o Bahia goleou o Moto Club por 4 x 0, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís-MA, pela primeira fase da Copa do Brasil. Após perder o Ba-Vi no último domingo (21) por 3 x 2, fora de casa, pela 7ª rodada do Campeonato Baiano, a equipe de Rogério Ceni não passou sufoco para eliminar o Papão do Norte e se garantir na próxima fase da competição. Além disso, o Esquadrão embolsou R$ 1,47 milhão com a classificação.

O triunfo do Bahia também marcou o primeiro gol de Óscar Estupiñan, que chegou com a expectativa de ser o artilheiro de Ceni. Em sua estreia com a camisa tricolor, o atacante colombiano não perdoou o Moto Club e brocou. Mais do que isso, o Esquadrão não teve dificuldades em despachar o Papão do Norte para garantir sua vaga na segunda fase do torneio. Saiba tudo o que aconteceu na partida aqui na Trivela.

Como foi Motoclub x Bahia pela Copa do Brasil

Como esperado, o Bahia partiu para cima do Moto Club desde o início do 1º tempo. Apesar da chuva forte no Maranhão, o time de Ceni criou boas jogadas de ataque e não sofreu na defesa. O Esquadrão conseguiu escapar bem principalmente pelo lado direito, buscando chegar à grande área do Papão do Norte, que até conseguiu se segurar lá atrás. Mas não por muito tempo.

Aos 23 minutos, antes de abrir o placar, Cauly teve uma boa chance em cobrança de falta perto da grande área. Ele bateu direto, obrigando o goleiro do Moto Club a fazer boa defesa. Só que de tanto pressionar, o Bahia não demorou para balançar as redes. Já aos 39 minutos da etapa final, o Esquadrão sufocou o Papão do Norte e roubou a bola no meio-campo. Everton Ribeiro lançou para Óscar Estupiñan, que escorou de cabeça para frente.

A bola chegou em Cauly, que avançou até à área sozinho. Caique então deu um carrinho por trás, gerando um pênalti a favor do Bahia. Óscar mostrou personalidade e pegou para fazer a cobrança. E o centroavante não decepcionou, deslocando o goleiro para balançar as redes. E isso foi tudo até a ida para o intervalo. O Esquadrão dominou o Moto Club e continuou dando show na Copa do Brasil.

O segredo para o Bahia foi manter a pressão

Para o 2º tempo, o Bahia manteve a mesma receita: não der espaço para o Moto Club. Logo aos seis minutos, Arias fez linda jogada pela direita e, quase na linha de fundo, cruzou rasteiro para trás. A bola chegou em Thaciano, que bateu de primeira e parou em Deijair. O problema foi que a defesa do Papão do Norte afastou mal e entregou nos pés de Jean Lucas, que cortou o marcador para fazer mais um gol para o Esquadrão.

Três minutos depois, o Bahia ampliou sua vantagem na Copa do Brasil com Cauly, que saiu com a bola no pé driblando a defesa do Moto Club para entrar na área e balançar as redes. Com o jogo já resolvido, o Esquadrão fez algumas alterações e diminuiu um pouco o ritmo frenético. O Papão do Norte tentou fazer seu golzinho de honra, mas não teve capacidade para superar a marcação do Esquadrão.

Já aos 32 minutos da etapa final, Ademir foi derrubado dentro da área e a arbitragem marcou uma nova penalidade máxima para o Bahia. O atacante pegou a bola e partiu para a cobrança. Contudo, diferente de Estupiñan, o camisa 7 do Esquadrão parou no goleiro do Moto Club. Já no último minuto de jogo, Biel lançou Rafael Ratão dentro da grande área para o Esquadrão colocar números finais contra o Papão do Norte: 4 x 0 e classificação na Copa do Brasil.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo