Brasileirão Série A

Vasco tem o seu segundo pior começo de Brasileiro nos pontos corridos e liga alerta

Com apenas três pontos em cinco rodadas, o Vasco já está na zona de rebaixamento do Brasileiro e vive crise dentro e fora de campo

O Campeonato Brasileiro está apenas no começo, mas o Vasco já ligou o alerta na parte de baixo da tabela de classificação. E não é por menos. Com apenas três pontos conquistados até aqui, o Cruz-Maltino já vive o seu segundo pior começo de Brasileirão na história do atual formato da competição, com 20 clubes e por pontos corridos. Com apenas uma vitória e quatro derrotas, o Vasco ocupa a zona de rebaixamento e já vive uma crise neste começo de Brasileiro.

Após a derrota para o Athletico-PR, no último domingo, na Ligga Arena, o Vasco chegou a quatro derrotas seguidas no Brasileiro. Depois da vitória sobre o Grêmio, na estreia, o Cruz-Maltino só perdeu. Foram resultados negativos contra Red Bull Bragantino, Fluminense, Criciúma e Athletico-PR. Os três pontos conquistados nestas cinco rodadas do Brasileiro só superam a arrancada do Vasco na edição de 2019, quando o time fez apenas dois pontos nas cinco primeiras rodadas do Brasileirão.

No entanto, se servir de consolo do torcedor vascaíno, apesar daquele péssimo começo de Brasileiro em 2019, o Vasco terminou aquela edição da competição na 12ª colocação, longe da zona de rebaixamento, com 49 pontos — 13 a mais que o Cruzeiro, o primeiro time dentro do Z-4 naquele ano.

Mas 2024 não foi a única vez em que o Vasco fez apenas três pontos em cinco jogos. Em 2015, o Cruz-Maltino também teve esta mesma pontuação no mesmo período, mas com três empates e duas derrotas. Naquele ano, no entanto, o final não foi feliz. O Vasco terminou o Brasileiro na 18ª colocação, com 41 pontos, e acabou rebaixado para a Série B.

Como o Vasco começou o Brasileiro quando foi rebaixado?

Em comparação com os anos em que o Vasco foi rebaixado, apenas o começo da edição de 2015 foi tão ruim como está sendo este início de 2024 para o time carioca. Nas outras vezes em que terminou a competição no Z-4, o Cruz-Maltino não teve um desempenho tão ruim assim. Em 2008 e 2013, o Vasco fez oito pontos em cinco rodadas. Já em 2020, embalado pelo “Ramonismo”, o Cruz-Maltino fez 11 pontos dos 15 disputados até aquele momento da competição.

Até mesmo em 2023, ainda vivo na memória da torcida vascaína, quando o time lutou contra o rebaixamento até os minutos finais da última rodada do Campeonato Brasileiro, o time não teve um início tão ruim. No último ano, sob o comando do técnico Maurício Barbieri, o Cruz-Maltino conquistou sete pontos nos cinco primeiros jogos.

Vasco já vive crise no começo do Brasileiro

A situação do Vasco neste Campeonato Brasileiro, é claro, ainda não desesperadora. Foram apenas cinco rodadas disputadas e, apesar de estar na 17ª colocação, o time está apenas dois pontos atrás de outros quatro clubes. Mas o desempenho do time em campo e os problemas extracampo jogam contra o Cruz-Maltino. Sem técnico efetivo há mais de uma semana, o Cruz-Maltino deve seguir sob o comando do interino Rafael Paiva até, pelo menos, a partida contra o Vitória, no próximo domingo (12), em São Januário, pela sexta rodada. Até a última semana, o Vasco também estava sem diretor de futebol. Foram mais de 30 dias entre a demissão de Alexandre Mattos e a contratação de Pedro Martins.

Apesar dos mais de R$ 110 milhões investidos em contratações neste começo de 2024, o Vasco ainda tem um elenco desequilibrado e com muitas carências. O Vasco sofre, por exemplo, com a falta de um meia armador quando Payet não está à disposição, e com a ausência de pontas de qualidade. O clube também tem problemas entre os volantes e na lateral-direita, assim como entre as opções para a zaga. Além disso, é claro, o Vasco também sofreu com um trabalho abaixo do esperado de Ramón Díaz neste começo de temporada. Agora, o clube corre na procura por um novo treinador.

Piores começos do Vasco no Brasileiro

Levando em consideração as cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro de pontos corridos com 20 clubes, estes foram os primeiros começos do Vasco na competição.

  • 2019: 2 pontos
  • 2024 e 2015*: 3 pontos
  • 2010: 5 pontos
  • 2017 e 2023: 7 pontos
  • 2008* e 2013*: 8 pontos

* Anos em que o Vasco acabou rebaixado para a Série B.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo