Brasileirão Série A

Em crise e sem goleiro titular, Cruzeiro estreia no Brasileirão contra Botafogo

O Cruzeiro receberá o Botafogo, no Mineirão, na tarde deste domingo (14), em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro iniciará sua caminhada no Campeonato Brasileiro de 2024 na tarde deste domingo (14), quando, às 17h, receberá o Botafogo, pela primeira rodada da competição nacional. A partida é vista como importantíssima para recuperar o time celeste, que vem de maus resultados pelo Campeonato Mineiro e Copa Sul-Americana. Com recente troca de treinador e muitos jogadores sendo questionados pela torcida, é possível afirmar que o clube estrelado vive um momento de crise já no começo da principal competição do calendário.

Ainda assim, é possível enxergar essa situação de dois prismas, o primeiro deles, é pela decepção do cruzeirense de ver seu time com tantos problemas ainda no mês abril, depois da esperança de dias melhores dada pela diretoria celeste. Além disso, os primeiros jogos do Brasileirão costumam ser importantíssimos para o resultado final. Assim foi com o Cruzeiro em 2023. O time celeste pontuou bem nas primeiras rodadas, criando uma gordura que o ajudou a permanecer na Série A.

O segundo é que ainda há tempo suficiente para corrigir a rota e trabalhar para que 2024 seja um ano mais tranquilo na Toca da Raposa 2, sem toda a tenção da última temporada, que já começa a ser desenhada.

Cruzeiro chega ‘sem goleiro titular’ para a partida

Outra preocupação para o torcedor cruzeirense é o fato de o time celeste provavelmente não poder contar mais com o goleiro Rafael Cabral, para a partida de logo e, consequentemente, para o futuro do Cruzeiro. Segundo informações do jornalista Samuel Venâncio, o camisa 1 negocia sua saída do clube e não deve mais vestir o uniforme do time mineiro. O destino de Cabral não foi revelado, mas especula-se que seja o Santos, onde começou sua carreira e foi campeão da Copa Libertadores de 2011.

Rafael Cabral vinha em momento muito ruim na temporada e cometendo falhas homéricas, mas sua saída abrupta gera preocupações nos cruzeirenses. Afinal, os substitutos Anderson e Léo Aragão são inexperientes. Anderson, de 26 anos, que deve assumir a titularidade no gol do Cruzeiro, está no clube desde a temporada passada e jogou apenas uma vez, justamente contra o Botafogo, no Mineirão, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, a partida terminou em 0 a 0, com o camisa 98 não sendo vazado.

Fernando Seabra fará mudanças no Cruzeiro

Muito cobrado por ter repetido o time que iniciou a final do Campeonato Mineiro contra o Alianza FC, pela Copa Sul-Americana, o treinador Fernando Seabra irá, enfim, mudar a escalação do Cruzeiro, mas não da forma que o torcedor esperava. Rafael Cabral não jogará por estar deixando o clube, sendo substituído por Anderson.

Os questionados Neris, Lucas Silva e Arthur Gomes devem seguir como titulares. Apenas Mateus Vital será substituído por Ramiro, num esquema com três volantes. Na frente, Juan Dinenno, com um incômodo muscular, não foi relacionado e Rafa Silva começa jogando.

Escalação do Cruzeiro

A tendência é que Fernando Seabra escale o Cruzeiro com: Anderson; William, Zé Ivaldo, Neris e Marlon; Lucas Romero, Ramiro e Lucas Silva; Matheus Pereira, Arthur Gomes e Rafa Silva.

Entre os relacionados, a única novidade foi o retorno do garoto Robert, de 18 anos, que ficou com a vaga deixada por Juan Dinenno.

  • Goleiros: Rafael Cabral*, Anderson e Léo Aragão;
  • Laterais-direitos: William e Wesley Gasolina;
  • Zagueiros: Zé Ivaldo, João Marcelo, Neris e Lucas Villalba;
  • Laterais-esquerdos: Marlon e Kaiki;
  • Volantes: Lucas Romero, Lucas Silva, Filipe Machado, Ramiro e José Cifuentes;
  • Meias: Matheus Pereira e Mateus Vital;
  • Atacantes: Arthur Gomes, Gabriel Veron, Álvaro Barreal, Robert, Rafa Silva e Rafael Elias.

*O goleiro Rafael Cabral deve ser cortado da lista.

Botafogo também vive momento ruim

Se por um lado o Cruzeiro não está bem, o Botafogo, adversário da vez, também tem seus problemas. O treinador português Artur Jorge começou seu trabalho recentemente e encontrou um time que fez péssima campanha no Campeonato Carioca, tendo que se contentar com a Taça Rio. Além disso, o alvinegro vem de duas derrotas em suas duas primeiras partidas na fase de grupos da Copa Libertadores.

As principais armas do Botafogo são os pontas Luiz Henrique e Júnior Santos, jogadores que devem gerar muitos problemas ao sistema defensivo celeste. Além disso, o sempre perigoso Tiquinho Soares comanda o ataque.

Artur Jorge deve escalar o Botafogo da seguinte forma: Gatito Fernández; Damián Suárez, Lucas Halter, Alexander Barboza e Hugo; Danilo Barbosa e Marlon Freitas; Jeffinho, Luiz Henrique e Júnior Santos; Tiquinho Soares.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo