Brasileirão Série A

Apesar de Jandrei, São Paulo resgata confiança do torcedor em noite de pior público do ano

São Paulo afasta turbulência e vence o Criciúma por 2 a 1 com gols de Alisson e Luciano

O São Paulo venceu o Criciúma por 2 a 1 nesta quinta-feira (27), no MorumBIS, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um resultado essencial para uma equipe que vinha de quatro jogos sem vitória e vivia o pior momento na temporada. Mas que tem um significado bem mais amplo do que os três pontos, em si.

Muito mais do que estancar a turbulência e voltar a somar pontos no Brasileirão, o Tricolor precisava reconquistar a confiança do torcedor, despedaçada pela postura da equipe nas últimas partidas. Especialmente na goleada por 4 a 1 sofrida para o Vasco.

E teria conseguido sucesso absoluto nessa missão, não fosse a falha de Jandrei no gol marcado pelo Criciúma.

São Paulo tem pior público do ano

A maior prova de que a torcida estava incomodada com as atuações recentes estava nas arquibancadas. Contra o Criciúma, o São Paulo registrou seu pior público do ano.

E que se deixe claro: a marca negativa não deve ser creditada ao torcedor. Ela fica muito mais na conta da postura da equipe em jogos anteriores e até do aumento recente no preço de ingressos.

Ao todo, 28.008 torcedores marcaram presença no estádio. Esta é a primeira vez que o público pagante fica abaixo dos 30 mil no MorumBIS em 23 jogos. Desde a derrota por 2 a 1 para o Fortaleza, em 20 de setembro de 2023, na partida entre as finais da Copa do Brasil.

 

Como de praxe em jogos com baixa expectativa de público, o setor da arquibancada oeste superior sequer foi aberto. Com muitos lugares vazios, o clima no estádio foi de morno para frio.

As organizadas do clube não pararam de cantar durante os 90 minutos — como de costume. Mas apenas o hino do São Paulo e as músicas mais conhecidas contagiaram o resto de estádio. Nas cadeiras, os torcedores se limitaram a aplausos e a cobranças pontuais durante a maior parte do jogo.

> Público e renda no MorumBIS

  • Público pagante: 28.008
  • Renda: R$ 1.382.121

São Paulo precisa de um minuto para resolver jogo

A noite de ambiente gelado e arquibancadas quase vazias era também um recado bem claro e direto para os jogadores. Seria preciso reconquistar em campo a confiança abalada do torcedor na equipe.

E o São Paulo levou menos de um minuto para mostrar que a postura seria diferente em relação aos últimos quatro jogos. De volta à equipe, o insubstituível Alisson abriu o placar com um golaço em chute de fora da área, após jogada individual de Lucas Moura pela direita.

O gol deixou o Tricolor confortável na partida. A equipe não precisou fazer muita força para manter a vantagem e até para ampliá-la, com Luciano.

No primeiro tempo, o São Paulo até não foi agressivo o tempo todo. Mas controlou o jogo com a atenção necessária para não correr muitos riscos e com a competitividade que o torcedor tanto cobrou.

Prova disso é que o Criciúma pouco ameaçou. A melhor chance veio em finalização de Arthur Caíke que tirou tinta da trave de Jandrei quando o jogo já estava 2 a 0.

Artilheiro, Luciano faz o que costuma fazer

O segundo gol do São Paulo veio de uma bonita jogada ensaiada em cobrança de falta. Aos 21, Lucas rolou a bola para Luciano, que estava de costas para o gol e girou para bater forte, sem chances para o goleiro rival.

O camisa 10 chegou ao décimo gol marcado em 2024. Ele se isola ainda mais na artilharia da equipe na temporada.

São Paulo reconquista torcida… Apesar de Jandrei

O torcedor são-paulino respirou aliviado com o apito final. E não foi pela postura da equipe. Pois o São Paulo que precisava vencer competiu desde o primeiro minuto (literalmente) para isso.

É possível afirmar que a vitória ocorreu apesar de Jandrei. O jogo estava nos acréscimos, com a vitória controlada pelo São Paulo, quando o goleiro entregou.

Aos 47, ele bateu tiro de meta mal, nos pés de Arthur Caíke.  O atacante teve o trabalho apenas de deslocá-lo para marcar o gol do Criciúma.

Para sorte do São Paulo, não teve tempo de o Tigre buscar uma reação. Para sorte do São Paulo também, Alan Franco já havia salvado em cima da linha duas vezes no mesmo lance, em tentativas de Claudinho e Barreto, antes do gol..

A realidade da partida é um tanto quanto contraditória. O Tricolor podia tanto ter goleado o Criciúma quanto ter cedido o empate ao adversário.

A equipe até teve 11 finalizações e construiu oportunidades para fazer o terceiro gol. Mas também sofreu mais do que deveria.

A situação do São Paulo na tabela do Brasileirão

Com a vitória, o São Paulo ganha duas posições na tabela do Brasileirão. A equipe agora ocupa a sétima colocação, com 18 pontos. O Tricolor está a um ponto de distância para o G6, a cinco do G4 e a seis do líder Flamengo.

> Os próximos três jogos do São Paulo

  • São Paulo x Bahia — Brasileirão — domingo (30), às 16h (horário de Brasília);
  • Athletico-PR x São Paulo — Brasileirão — quarta-feira, 3 de julho, às 21h30 (horário de Brasília).
  • São Paulo x Red Bull Bragantino — Brasileirão — sábado (6), às 21h (horário de Brasília)
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo