Brasileirão Série A

Como Ferreira conquistou Zubeldía para virar titular no São Paulo

Atacante retoma espaço, e São Paulo engata três vitórias seguidas com ele no time

Um golaço na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, no último domingo (30), outro golaço e mais uma vitória, dessa vez por 2 a 1 sobre o Athletico-PR, na quarta-feira (3). Ferreira mostra com protagonismo (e pinturas) por que deve ser titular do São Paulo.

Mas muito antes de decidir com atitudes, o atacante precisou usar as palavras para convencer Luis Zubeldía a voltar à equipe.

Incomodado com os poucos minuto que recebia para estar em campo, Ferreira resolveu procurar o técnico para uma conversa olho no olho. O encontro ocorreu na semana passada.

No papo, o jogador disse que não se sentia “importante” e insistiu que poderia ser mais útil para a equipe. O argumento, inclusive, foram os números que ele somava, mesmo sem ser titular absoluto.

— Tive uma conversa com ele na semana passada, (eu disse) que não estava me sentindo importante. Ele falou que eu era importante sim e voltou a me dar minutos. Foi uma conversa tranquila. Ele me ouviu, eu o ouvi, e é sempre o melhor pelo São Paulo. Passei um tempo jogando poucos minutos, então fico feliz por voltar a marcar — Ferreira.

Com Ferreira, São Paulo voltou a vencer

Zubeldía não só ouviu o seu comandado, como resolveu voltar a dar oportunidades no time titular. Após somar apenas 65 minutos nos últimos sete jogos, Ferreira iniciou em campo contra o Criciúma. O São Paulo que vinha de quatro partidas sem vitória venceu por 2 a 1 no MorumBIS.

E a verdade é que o Tricolor não parou de vencer desde o retorno de Ferreira ao time titular. São três jogos seguidos com vitória.

> Ferreira em 2024

  • 31 jogos
  • 14 jogos como titular
  • 7 gols
  • 2 assistências
  • 1321 minutos em campo
  • Participa de 1 gol a cada 146 minutos

Ferreira é problema para Luis Zubeldía

O problema agora é que Ferreira será desfalque do São Paulo neste sábado (6), às 20h, contra o Red Bull Bragantino, no MorumBIS. O atacante recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso na partida — o mesmo vale para Jonathan Calleri.

A tendência é de que Zubeldía opte por usar Rodrigo Nestor como extrema pela esquerda. Na referência do ataque, André Silva deve ganhar oportunidade no lugar de Calleri.

> Os próximos três jogos do São Paulo

  • São Paulo x Red Bull Bragantino — Brasileirão — sábado (6), às 20h (horário de Brasília);
  • Atlético-MG x São Paulo — Brasileirão — quinta-feira (11), às 21h30 (horário de Brasília);
  • São Paulo x Grêmio — Brasileirão — quarta-feira (17), às 20h (horário de Brasília).
Foto de Eduardo Deconto

Eduardo DecontoSetorista

Jornalista pela PUCRS, é setorista de Seleção e do São Paulo na Trivela desde 2023. Antes disso, trabalhou por uma década no Grupo RBS. Foi repórter do ge.globo por seis anos e do Esporte da RBS TV, por dois. Não acredite no hype.
Botão Voltar ao topo