Brasileirão Série A

SAF do Vasco já passou mais de 80 dias sem técnico efetivado no cargo

Nesta quarta-feira, o Vasco volta a campo mais uma vez sob o comando do técnico interino Rafael Paiva

O Vasco entra em campo, nesta quarta-feira (26), contra o Bahia, às 21h30 (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, ainda sob o comando do interino Rafael Paiva.

Será o segundo jogo seguido sob o comando do treinador, que já esteve na beira do campo na goleada sobre o São Paulo. E isso tem sido uma cena comum na SAF do Vasco.

Desde a transformação em SAF e a venda para a 777 Partners, que já não comanda mais o futebol do clube, em agosto de 2022, o Vasco já ficou, no total, 82 dias sem técnicos efetivados. Isso aconteceu, inclusive, quando a empresa americana assumiu o futebol vascaíno.

Quando os sócios do Vasco aprovaram a venda de 70% das ações da SAF do Vasco, em agosto de 2022, e a 777 passou a controlar o futebol do clube, o time carioca estava com o auxiliar técnico Emílio Faro no comando da equipe.

Depois, foram 29 dias até a contratação de Jorginho, que foi o treinador do Vasco na últimas dez rodadas da Série B daquele ano.

No ano seguinte, após a demissão de Maurício Barbieri, o Vasco ficou 23 dias com William Batista, técnico do sub-20, no comando do time principal. O interino treinou a equipe até a chegada de Ramón Díaz.

Agora, em 2024, o Vasco já está no seu segundo período sob o comando de Rafael Paiva. Entre abril e maio, o técnico do sub-20 já comandou o time entre a saída de Ramón Díaz e a chegada de Álvaro Pacheco. Mas o português durou apenas quatro jogos no Vasco e Paiva já voltou a comandar o time na última semana.

Vale ressaltar, é claro, que o futebol do Vasco, agora, desde o meio de maio, está sob o comando da Associação, presidida por Pedrinho.

O desempenho dos interinos no comando da SAF do Vasco

Emílio Faro (08/08/2023 até 06/09/2023)

  • Jogos: 6
  • Vitórias: 2
  • Empates: 0
  • Derrotas: 4
  • Gols marcados: 7
  • Gols sofridos: 10
  • Aproveitamento: 33,3%

Jogos com Emílio Faro

  • Brusque 1 x 0 Vasco – Série B – 03/09
  • Vasco 2 x 1 Guarani – Série B – 31/08
  • Bahia 2 x 1 Vasco – Série B – 28/08
  • CSA 2 x 0 Vasco – Série B – 18/08
  • Vasco 3 x 1 Tombense – Série B – 13/08
  • Ponte Preta 3 x 1 Vasco – Série B – 09/08

William Batista (23/06/2023 até 15/07/2023)

  • Jogos: 3
  • Vitórias: 1
  • Empates: 0
  • Derrotas: 2
  • Gols marcados: 1
  • Gols sofridos: 3
  • Aproveitamento: 33,3%

Jogos com William Batista na SAF do Vasco

  • Vasco 0 x 1 Cruzeiro – Campeonato Brasileiro – 08/07
  • Botafogo 2 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – 02/07
  • Vasco 1 x 0 Cuiabá – Campeonato Brasileiro – 26/06

Rafael Paiva (28/04/2024 até 21/05/2024 e 20/06/2024 até o momento)

  • Jogos: 5
  • Vitórias: 2
  • Empates: 2
  • Derrotas: 1
  • Gols marcados: 9
  • Gols sofridos: 6
  • Aproveitamento: 53,3%

Jogos com Rafael Paiva na SAF do Vasco

  • Fortaleza 0 x 0 Vasco – Copa do Brasil – 01/05
  • Athletico-PR 1 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – 05/05
  • Vasco 2 x 1 Vitória – Campeonato Brasileiro – 12/05
  • Vasco 3 x 3 Fortaleza – Copa do Brasil – 21/05
  • Vasco 4 x 1 São Paulo – Campeonato Brasileiro – 22/06

Como está a procura do Vasco por um novo técnico?

Antes vivendo um momento conturbado no Campeonato Brasileiro, o Vasco agora passa por uma trégua após a goleada sobre o São Paulo, no último sábado. Isso deu ao Cruz-Maltino mais calma na busca por um novo técnico.

A boa atuação em São Januário também deu um voto de confiança para Rafael Paiva seguir trabalhando com a equipe para o duelo desta quarta-feira, contra o Bahia.

Além disso, pelo calendário apertado, Paiva também deve seguir com o time ao menos até o clássico com o Botafogo, no próximo sábado, em São Januário.

Em paralelo a isso, o Vasco segue mapeando o mercado em busca de opções para o cargo. O retorno de Ramón Díaz não é descartado e, inclusive, é uma possibilidade real. Tanto pelo desejo do treinador, como por Pedrinho.

No entanto, como revelou o ge, o argentino tem alguma resistência por parte do elenco. Assim, o Vasco segue analisando outros nomes disponíveis.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo