Brasileirão Série A

‘Dez passos atrás’: Renato cita falta de ritmo para explicar derrota do Grêmio

Treinador já havia alertado para as dificuldades que o Tricolor Gaúcho apresentou na derrota por 2 a 0 para o RB Bragantino, pelo Campeonato Brasileiro

Com time praticamente todo reserva, o Grêmio não foi páreo para o RB Bragantino e perdeu por 2 a 0, na tarde deste sábado, no Couto Pereira, em Curitiba em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de incômodo, o placar não surpreendeu o técnico Renato Portaluppi ao considerar que este foi apenas o segundo jogo do Tricolor Gaúcho depois de quase um mês sem atuar devido às enchentes no Rio Grande do Sul.

— A gente já sabia que iria encontrar dificuldades. Uma pelo adversário. Outra, pelo entrosamento. E, principalmente, pela falta de ritmo de jogo. É algo que vamos enfrentar por um bom tempo. E ainda com a equipe desentrosada… muitas vezes fazemos jogo-treino, mas aqui não tivemos como — frisou.

Não dá para dizer que a ausência de ritmo de jogo é uma desculpa utilizada apenas porque o Grêmio perdeu. Renato já havia alertado que sua equipe sofreria mesmo após a goleada por 4 a 0 sobre o The Strongest, na última quarta-feira (29), pela Libertadores.

— Vamos estar sempre dez passos atrás dos adversários, mesmo ganhando jogos. É um fato, ninguém está inventando nada — reiterou.

Momentos dos gols do RB Bragantino foram os piores possíveis

O treinador lamentou o momento dos gols marcados pelo Bragantino na derrota deste sábado (1º). Eric Ramires abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, e Luan Cândido ampliou, em cobrança de pênalti, aos 14 minutos do segundo tempo.

— Nós tomamos gol com dois, três minutos de jogo. Aí você começa a atacar e deixa espaço para o adversário. No momento em que eu preparava as trocas, saiu o segundo gol, aí dificultou — analisou Renato, que colocou os titulares Cristaldo e Soteldo logo após o segundo tento do Massa Bruta.

Com titulares e ritmo de jogo, Renato acredita que o jogo seria outro

O treinador do Grêmio elogiou o Bragantino. Destacou que é um time jovem, entrosado e bem treinado. Entretanto, ressaltou que, em um contexto normal, o Tricolor Gaúcho também daria trabalho para o Massa Bruta.

— É a característica do time do Grêmio também, de fazer o adversário correr atrás da bola. Mas infelizmente o Bragantino teve um dia a mais de descanso, além de todos nossos problemas. Se tivéssemos com nosso time principal, e com ritmo de jogo, pode ter certeza que o jogo seria outro. O Bragantino fez o que o Grêmio costuma fazer — afirmou Renato.

Renato projeta decisão contra o Huachipato

Agora, tudo é Libertadores para o Grêmio. Na próxima terça-feira (4), o Tricolor Gaúcho enfrenta o Huachipato no Chile, e não pode perder para chegar vivo no confronto com o Estudiantes, no sábado (8), novamente no Couto Pereira, em Curitiba.

— Temos que estar preparados. Terça-feira é um jogo que nos classifica para a próxima fase ou nos tira da próxima fase. Concentrar, conversar bastante com o grupo e ir para o Chile em busca de dois dos três resultados que nos favorecem — resumiu Renato.

Grêmio no Campeonato Brasileiro 2024

  • 12º colocado, com seis pontos em cinco jogos
  • Duas vitórias e três derrotas
  • 40% de aproveitamento
  • Quatro gols feitos e cinco gols sofridos

Próximos jogos do Grêmio

  • Huachipato x Grêmio — Libertadores — terça-feira, 4 de junho de 2024, às 21h (horário de Brasília);
  • Grêmio x Estudiantes — Libertadores — sábado, 8 de junho de 2024, às 19h (horário de Brasília);
  • Flamengo x Grêmio — Campeonato Brasileiro — quinta-feira, 13 de junho de 2024, às 20h (horário de Brasília).
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo