Brasileirão Série A

Há quatro anos sem conquistar um título, Corinthians fica para trás dos rivais Palmeiras e São Paulo

Apesar do tempo na 'seca', situação do Timão ainda é melhor do que a do Santos

A conquista de um título é, na grande maioria das vezes, o carimbo de que um trabalho foi bem feito, estruturado, com escolhas pensadas e estratégicas – e até uma pitada de sorte ou de mística, claro. Mas só com sorte, ou com mística, não há como chegar ao topo do pódio, lugar que o Corinthians não consegue alcançar há quatro anos, desde quando foi campeão Paulista de 2019, ainda sob o comando de Fábio Carille. 

De lá para cá, o Timão até teve outras oportunidades de ser campeão, mas amargou dois vice-campeonatos – em 2020, no Paulistão, contra o Palmeiras; e na última temporada, quando foi finalista da Copa do Brasil, mas perdeu o título mais uma vez nas penalidades, desta vez para o Flamengo. Em 2023, foi semifinalista da Copa Sul-Americana, eliminado na última terça-feira (03) para o Fortaleza, e da Copa do Brasil, quando caiu para o São Paulo.

Seca títulos faz Corinthians ficar atrás dos rivais Palmeiras e São Paulo bateu na trave 

Considerando que o último Campeonato Brasileiro conquistado pelo Corinthians foi em 2017, uma campanha incrível de 72 pontos, com apenas nove empates e apenas oito derrotas, a seca do corintiano em campeonatos nacionais é maior.

Depois disso, apesar de ter bons elencos, o Timão amargou temporadas abaixo da média no Brasileirão, além de pecar em partidas decisivas nas competições de mata-mata. E com a falta de conquistas e as sequências de erros da diretoria, o torcedor passou a assistir seus maiores rivais ganharem quase tudo que disputaram.

O São Paulo, por exemplo, saiu de uma seca de 10 anos. Apesar das inúmeras polêmicas e dívidas, o Tricolor Paulista foi vencedor do Paulistão de 2021 e garantiu o título inédito da Copa Brasil, deixando o favorito e badalado Flamengo com o segundo lugar.  

Como se isso não fosse suficiente, o Palmeiras, tem vivido uma fase grandiosa de títulos, que começou com a reformulação no departamento de futebol alviverde, o início do patrocínio da Crefisa, e a chegada do treinador Abel Ferreira. Essa foi a receita para que o Alviverde entrasse nos trilhos da vitória. 

Nos últimos três anos, o rival alviverde conquistou nove títulos, Copa do Brasil ( 2020), dois Campeonatos Brasileiros (2018 e 2022), duas Libertadores (2020 e 2021), três Paulistas (2020, 2022 e 2023), uma Recopa Sul-Americana (2022) e uma Supercopa do Brasil (2023).

Sem contar que o time ainda segue vivo e com chance de ser campeão em duas competições, a Copa Libertadores, que joga nesta quinta-feira, às 21h30, a semifinal com o Boca Juniors, e no Campeonato Brasileiro está há sete pontos do líder Botafogo.

Títulos dos clubes paulistas nos últimos dez anos

Apesar do tempo longe das taças, a situação do Timão consegue ser um pouco melhor do que a do Santos. O time da Vila Belmiro conquistou seu último título em 2016 – um Campeonato Paulista -, e depois de já ter feito uma campanha difícil no Brasileirão no ano passado, neste ano, novamente briga contra o rebaixamento. 

Confira abaixo os últimos títulos dos clubes paulistas nos últimos dez anos:

Corinthians: Campeonato Brasileiro (2015, 2017); Campeonato Paulista (2017, 2018 e 2019).

Santos: Campeonato Paulista (2015 e 2016)

São Paulo: Campeonato Paulista (2021); Copa do Brasil (2023)

Palmeiras: Copa do Brasil (2015 e 2020); Campeonato Brasileiro (2016, 2018, 2022); Campeonato Paulista (2020, 2022, 2023); Libertadores (2020, 2021); Recopa Sul-Americana (2022); Supercopa do Brasil (2023)

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância e transformou a paixão em profissão. Além do futebol, se mantem por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhou como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo