Brasileirão Série A

Com Coudet pressionado, Internacional visita o Cuiabá em retomada do Brasileirão

Após derrota para o Belgrano, pela Copa Sul-Americana, Colorado volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro neste sábado (1º), na Arena Pantanal

Depois de retornar, após exatamente um mês sem jogar devido às enchentes no Rio Grande do Sul, com derrota por 2 a 1 para o Belgrano, em Barueri/SP, pela Copa Sul-Americana, o Internacional volta a atuar pelo Campeonato Brasileiro.

Diante do Cuiabá, neste sábado (1º), às 18h30min, na Arena Pantanal, o objetivo colorado é reencontrar o caminho das vitórias e, assim, aliviar a pressão sobre o técnico Eduardo Coudet.

Internamente, o treinador argentino goza de prestígio, principalmente com o presidente Alessandro Barcellos, com quem tem ótima relação. Entretanto, a pressão externa aumentou depois de, mais uma vez, ter faltado repertório ao Inter diante do Belgrano.

— Não tenho dúvidas de que, sem os resultados, a cabeça que irá rolar é a minha — reconheceu Coudet após a derrota em Barueri.

É claro que a falta de ritmo de jogo devido ao longo período sem atuar prejudica, como o treinador citou reiteradamente em sua última entrevista coletiva.

Entretanto, a goleada do Grêmio sobre o The Strongest, um dia depois, pela Libertadores, provou que esse argumento não pode ser utilizado como única justificativa.

Apesar das circunstâncias, a pressão por desempenho e resultados existe principalmente pela qualidade do material humano do Inter, que se reforçou muito para esta temporada. Atualmente, Coudet conta com quase todo elenco à disposição.

Internacional deve ter mudanças para enfrentar o Cuiabá

Essa situação vai mudar depois do jogo contra o Cuiabá. Afinal, esta será a última partida de Sergio Rochet, Rafael Borré e Enner Valencia antes de se apresentarem para suas seleções visando à disputa de amistosos e da Copa América.

Até por isso, os três são presenças praticamente certas no time que enfrenta o Cuiabá. Porém, a tendência é que aconteçam algumas mudanças em relação à equipe que perdeu para o Belgrano. Até porque, na próxima semana, o Inter joga duas vezes para tentar correr atrás do prejuízo na Copa Sul-Americana: terça-feira (4), contra o Real Tomayapo, na Bolívia, e sábado (8), diante do Delfín, em Caxias do Sul.

— Depois de um tempo sem jogar, falta de ritmo, precisaremos realizar trocas. Ver quem está melhor para iniciar contra o Cuiabá — adiantou Coudet depois da derrota em Barueri.

Lanterna, Cuiabá ainda não marcou gol e não pontuou no Campeonato Brasileiro

Adversário do Inter, o Cuiabá já vive situação desesperadora no Campeonato Brasileiro. Até aqui, perdeu seus quatro jogos na competição, e sequer marcou gol.

Ao menos o último jogo, quarta-feira (29), pela Copa Sul-Americana, trouxe um alento. Com gol de Isidro Pitta, o Dourado venceu o Lanús por 1 a 0, na Argentina.

Internacional no Campeonato Brasileiro 2024

  • 10º colocado, com 7 pontos em 4 jogos
  • 2 vitórias, 1 empate e 1 derrota
  • 58% de aproveitamento
  • 4 gols feitos e 3 gols sofridos
Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo