Brasileirão Série A

Coudet não sabe jogar Gre-Nal? Os últimos três clássicos provam o contrário

Depois de não vencer um sequer em sua primeira passagem, Eduardo Coudet tem 100% de aproveitamento contra o Grêmio desde o retorno ao Internacional

Uma das grandes críticas ao trabalho de Eduardo Coudet em sua primeira passagem como treinador do Internacional, em 2020, era o retrospecto em Gre-Nais. O argentino não ganhou sequer um dos seis jogos contra o Grêmio de Renato Gaúcho.

Em declaração no final de 2021, Marcelo Medeiros, presidente do Internacional na época da primeira passagem de Coudet, chegou a afirmar que o treinador argentino não sabia jogar Gre-Nal.

Coudet não ganhou um Gre-Nal. Coudet não sabe jogar Gre-Nal. Gre-Nal é diferente de outro jogo. Gre-Nal não é mais um jogo. O Abel [Braga] sabe, o [Diego] Aguirre também. Gre-Nal é ‘o jogo’ — disse Medeiros ao podcast Dus 2.

Mas Coudet tem refeito essa imagem em sua segunda passagem pelo Inter, que iniciou em julho de 2023.

A vitória por 1 a 0 no Gre-Nal 442, com gol contra de Gustavo Martins, neste sábado (22), no Couto Pereira, em Curitiba, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi a terceira em três clássicos desde que retornou ao comando colorado.

Coudet tem 100% de aproveitamento nos clássicos desde que retornou ao Internacional

As outras duas vitórias foram por 3 a 2, ambas no Beira-Rio.

Pelo Campeonato Brasileiro de 2023, Enner Valencia, Wanderson e Alan Patrick marcaram os gols do Inter, e João Pedro e Luis Suárez os do Grêmio.

No Campeonato Gaúcho deste ano, Maurício, Lucas Alario, Alan Patrick anotaram os tentos colorados, e Renê, contra, e Villasanti, os gremistas.

Gre-Nais de Coudet em sua segunda passagem pelo Internacional

  • Internacional 3 x 2 Grêmio — 08/10/2023 — Campeonato Brasileiro
  • Internacional 3 x 2 Grêmio — 25/02/2024 — Campeonato Gaúcho
  • Grêmio 0 x 1 Internacional — 22/06/2024 — Campeonato Brasileiro.

No geral, Coudet ainda tem mais derrotas do que vitórias no clássico. Mas o aproveitamento, que em sua passagem anterior foi de apenas 11%, subiu para 40%.

Coudet em Gre-Nais

  • 9 jogos
  • 3 vitórias
  • 2 empates
  • 4 derrotas

Coudet dá mérito aos atletas e defende Renato

Apesar da sequência de vitórias nos clássicos, Coudet não quis se gabar, tampouco dar ‘letrinha' para Medeiros ou qualquer outro de seus críticos.

— Não estou aqui para falar de Coudet. Estou aqui para ressaltar o grupo de jogadores. Ganhamos o Gre-Nal, não ganhou Coudet. O torcedor que desfrute. Ganhar o clássico sempre é bom.

Ainda assim, o treinador do Inter voltou a citar uma clássica frase sua, frisando que, mesmo nas derrotas, nem tudo está errado.

— Sempre que perdemos, é olhando a goleira de frente. Sempre fomos buscar. Quando você perde, não encontrou a forma certa. É o que sempre digo: quando ganha é um gênio, quando perde é um idiota.

Para defender essa sua tese, Coudet chegou até a citar Renato. Destacou que o colega não deixou de ser bom treinador devido à sequência negativa. E disse que no Brasil há exagero nas opiniões após as derrotas.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas WagnerSetorista

Gaúcho, formado em jornalismo pela PUC-RS e especializado em análise de desempenho e mercado pelo Futebol Interativo. Antes da Trivela, passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo