BrasilBrasileirão Série A

Por que o Flamengo tem dificuldades para fechar com Claudinho e De La Cruz

Diretor de futebol do Flamengo, Bruno Spindel atualizou as conversas por reforços

Mesmo com as dificuldades impostas, o Flamengo segue firme em negociações para contratar Claudinho, do Zenit, e De La Cruz, do River Plate. Pelo menos é isso que Bruno Spindel, diretor de futebol do rubro-negro, ressaltou em declarações nesta segunda-feira. De acordo com o dirigente, a diretoria se mantém atenta às prioridades do mercado nesta janela de transferências.

Spindel foi questionado sobre as negociações em andamento do Flamengo durante o sorteio dos mandos de campo da semifinal da Copa do Brasil. Sobre o assunto, o dirigente foi direto e destacou que são negociações complexas.

“Procuramos manter internamente para não abrir estratégia com quem o Flamengo está negociando e prejudicar o clube na mesa. O que posso dizer é que o De La Cruz e Claudinho são dois atletas que interessam ao clube, mas são negociações extremamente difíceis, como o torcedor e todos já sabem. Faremos o possível para eles estarem aqui”, afirmou o diretor.

+ Essa será a ordem dos jogos das semifinais da Copa do Brasil

O dirigente também comentou sobre a possibilidade de ida à Rússia para selar a contratação do meio-campista Claudinho. O departamento de futebol ainda não fez planos para ir a São Petesburgo e espera novos desdobramentos, segundo Spindel.

“Não tem nada planejado ainda a respeito de viagem. As conversas seguem. De novo, uma negociação muito difícil. Um atleta muito qualificado. Joga em um clube importante, importante financeiramente também. Campeão russo, acabou de ganhar a Supercopa. É uma negociação que é extremamente difícil”, frisou.

Jorge Sampaoli e Arturo Vidal pelo Flamengo
Jorge Sampaoli quer reposição para vaga de Vidal no Flamengo (Icon Sport)

O que a Trivela sabe sobre o assunto

Quando Bruno Spindel fala que as negociações com Claudinho e De La Cruz são complicadas, ele não está exagerando. O Flamengo tem encontrado muita dificuldade para fechar com a dupla.

Em relação a Claudinho, as conversas estão mais avançadas. O Rubro-Negro já apresentou uma proposta de 15 milhões de euros, cerca de R$ 80 milhões e, mesmo que ela tenha sido recusada, causou uma impressão nos dirigentes russos. Segundo apurou a Trivela, o Zenit quer 18 milhões de euros para negociá-lo.

Para contratar De La Cruz, o Flamengo precisará se desdobrar ainda mais. Como o próprio Marcos Braz, vice-presidente de futebol, confirmou, o River Plate pede o valor integral da multa rescisória do uruguaio: 16 milhões de euros. A diretoria rubro-negra considera o valor fora da realidade, já que ofereceu cerca de 8 milhões na primeira investida, recusada pelos argentinos.

Por enquanto, as duas negociações estão travadas. O Flamengo vê reforços no meio-campo como prioridade, mas também sondou outros nomes, como é o caso do zagueiro Lucas Veríssimo, do Benfica.

A janela de transferências fecha no dia 2 de agosto. Até lá, os clubes brasileiros poderão reforçar seus elencos para o restante da temporada. O Flamengo adota paciência para ter um desfecho positivo.

Sampaoli quer reposição para Vidal

Após o empate sem gols com o Fluminense, Jorge Sampaoli foi claro ao falar sobre reforços para a sequência da temporada. Para o treinador, a diretoria precisa repor a saída de Vidal, que assinou contrato com Athletico-PR.

“Quando se está no Flamengo é esperado que chegue jogadores que elevam o nível dos que estão. A necessidade é de repor a saída de Vidal. É uma necessidade que o time tem e estamos buscamos alternativas, nessa posição de volante misto”, afirmou durante a coletiva de imprensa no Maracanã.

+ Bastidores da saída de Vidal do Flamengo envolvem sua personalidade e Sampaoli

“Um time para lutar coisas importantes em um ano difícil, de transição, tem que ter a possibilidade de ter um jogador que resolva, por si só, determinadas coisas no campo”, completou.

 

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo