Brasileirão Série A

Passagem na Europa e comparação com Zaracho: o cria do Atlético-MG escolhido por Milito

Gabriel Milito convocou meia do Sub-20 do Atlético que já estreou na Europa e é comparado com o "incomparável" Zaracho

Com um time inteiro de desfalques, o Atlético-MG não tem muitas opções para o jogo desta quarta-feira (26), contra o Internacional. Por isso, o técnico Gabriel Milito convocou um jovem meia do Sub-20, que tem passagem pela seleção brasileira e pelo futebol europeu, além de comparação com Matías Zaracho.

O escolhido por Gabriel Milito, que relutava em chamar alguém do Sub-20 por achar que ninguém estava pronto, foi o meia Vitinho, de 19 anos. Com características de um meia muito dinâmico, ele tem recebido comparações com Matías Zaracho por quem o acompanha mais de perto na base.

Vitinho é um jogador que já jogou como primeiro e segundo volante, e se saí melhor na segunda função do meio-campo, como “camisa 8”. Ele costuma ser o meia que liga a defesa e o ataque, com características de ter boa velocidade para arrancadas e também um bom passe.

É comum ainda vermos Vitinho aparecendo nas duas áreas, tanto na defensiva como ofensiva. É o famoso motorzinho do time, que corre para recuperar a bola de qualquer jeito, sempre em cima dos adversários, seja na defesa ou no ataque.

Por todas essas características, Vitinho é comparado a Zaracho, argentino titular do Atlético que faz exatamente tudo isso citado que o meia da base se propõe a fazer, sendo um jogador único e praticamente insubstituível no profissional.

É claro que Vitinho ainda precisa de evoluir para chegar no nível de Zaracho, mas, se bem trabalhado e com confiança, pode ser um substituto do argentino no futuro (ou já no presente). Características iguais ele já tem.

Carreira de Vitinho

Apesar da pouca idade e de nunca ter atuado pelo Galo profissionalmente, Vitinho já tem história para contar na carreira.

O jovem chegou ao Atlético em 2018, para atuar no sub-14. Após se destacar, foi convocado pela seleção brasileira sub-15 no ano seguinte. Um ano depois, recebeu nova chance com a amarelinha, dessa vez na categoria sub-17.

Passagem na Europa e estreia como profissional

Em 2022, Vitinho, mesmo com 17 anos, já fazia parte do time sub-20, conseguindo se destacar vivendo seu ano mais goleador, com sete gols. Em 2023, ele manteve a boa média ofensiva e balançou as redes mais seis vezes.

Com tamanha regularidade no Sub-20, Vitinho chamou atenção do futebol europeu. Na metade de 2023, o Galo anunciou o empréstimo dele para o Dnipro-1, da Ucrânia, e foi lá onde ele estreou como profissional.

Pelo clube ucraniano, fez sua estreia em 24 de setembro na Premier League do país. Ele somou ainda mais sete jogos, todos saindo do banco de reservas, engatando uma boa sequência no fim de 2023.

Ao fim do último ano, ele retornou ao Brasil na pausa do futebol ucraniano e, por conta dos problemas da guerra entre Rússia e Ucrânia, ele (e outros dois brasileiros) não retornaram ao Dnipro. Dessa forma, o empréstimo dele foi encerrado e ele retornou ao Galo.

No Atlético, Vitinho voltou a atuar no Sub-20 e somou 10 jogos na temporada até então, com direito a dois golaços, sendo um deles um golaço contra o Santos, pelo Brasileiro da categoria.

Vitinho fez falta no sub-20 do Atlético?

Sem Vitinho, o time sub-20 do Atlético foi goleado no clássico contra o Cruzeiro nesta terça-feira (25) por 4 a 0. O substituto dele foi David Kauã. O Galo saiu atrás do placar e criou muito para poder empatar, mas pegou e parou no goleiro Otávio da Raposa. Quando sofreu o segundo, já na metade final do segundo tempo, o time desandou e levou a goleada.

Nos últimos dois jogos com Vitinho, o meia havia marcado gol e o time vencido.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander HeinrickSetorista

Jornalista pela PUC-MG, passou por Esporte News Mundo e Hoje em Dia, antes de chegar a Trivela. Cobriu Copa do Mundo e está na cobertura do Atlético-MG desde 2020.
Botão Voltar ao topo