Brasileirão Série A

‘Só’ Libertadores ou briga por título? Atlético-MG e Grêmio se enfrentam com os mesmos objetivos

Com apenas dois pontos separando os dois clubes, Atlético e Grêmio entram em campo neste domingo com os mesmos pensamentos na cabeça

Separados por dois pontos na tabela do Campeonato Brasileiro, Atlético-MG e Grêmio entram em campo neste domingo (26) lutando basicamente pelos mesmos objetivos. A classificação para a próxima Libertadores já está bastante encaminhada, então os clubes terão o duelo direto agora para definir se eles vão brigar “só” pelo G4 ou se ainda poderão sonhar com o título, que se abriu com os tropeços do Botafogo.

Mandante, o Atlético fará seu último jogo na Arena MRV em 2023, já que, na partida contra o São Paulo, o estádio estará indisponível e o duelo acontecerá no Mineirão. Além de despedir da nova casa própria com o pé direito, o Galo sonha com os três pontos para garantir matematicamente sua vaga na próxima Libertadores, voltar ao G4 e, porque não, seguir sonhando com o título.

O Galo não depende só de si para garantir matematicamente a vaga. O Alvinegro precisa vencer o Grêmio e ainda torcer pela derrota do Athletico-PR, que recebe o Vasco. Com essa combinação, o clube fica garantido no G6 e na próxima Libertadores. Além disso, vencendo, o Atlético ultrapassa o próprio Tricolor Gaúcho, entrando assim no G4, que é o objetivo principal do time neste momento.

A vitória ainda mantém vivo o sonho do Atlético ser campeão Brasileiro. Apesar da possibilidade ser mínima, de menos de 1%, segundo a UFMG, o torcedor (e os jogadores) ainda sonham. Por outro lado, se perder, o Galo cai na realidade e praticamente extermina suas chances de levantar a taça. Além disso, um revés afasta o Alvinegro do G4, mas não o complica muito em relação ao G6, já que possui uma boa vantagem para o Athletico-PR, primeiro fora da zona.

Grêmio tem os mesmos sonhos e objetivos

O Grêmio encara a partida contra o Atlético de forma parecida à que encarou contra o Botafogo, no dia 9. Antes da partida, no Rio de Janeiro, o presidente Alberto Guerra afirmou que somente uma vitória colocaria o Tricolor Gaúcho na briga pela título.

— O Grêmio se coloca hoje frente a uma decisão. É um jogo importante e dificílimo. Se ganharmos hoje, aí sim diria que a gente vai ser um dos candidatos — projetou.

A vitória veio, e de forma épica. Após estar perdendo por 3 a 1, em São Januário, o Grêmio virou com show de Luis Suárez, que anotou hat-trick. Porém, a derrota em casa, para o Corinthians, com um jogador a mais, no jogo seguinte, frustrou a torcida gremista.

Na 4ª colocação, com 59 pontos, o Grêmio tem no confronto direto com o Atlético um divisor de águas para definir pelo que brigará nas últimas três rodadas. Uma vitória recolocará o Tricolor Gaúcho na briga pelo título, com o plus de ter pela frente jogos relativamente acessíveis, contra Goiás, Vasco e Fluminense. Por outro lado, se perder, será ultrapassado pelo próprio Galo e sairá do G-4.

Neste cenário pessimista, a luta do Grêmio na reta final do Brasileirão seria por vaga direta na Libertadores, já que, com oito pontos de vantagem para o Athletico-PR, que é o primeiro time fora do G-6, a classificação para a competição continental está praticamente garantida. O que já seria expressivo pela maneira como a temporada começou, o que foi ressaltado por Luis Suárez em entrevista recente.

— Obviamente foi um lindo ano no Grêmio, em que não imaginava que a equipe estaria como está hoje em dia, competindo lá em cima, tentando a possibilidade de brigar pelo Brasileirão, sendo uma equipe que vem da Série B — disse o craque após voltar a atuar pela Seleção Uruguaia na vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, na última terça-feira (21), em Montevideo.

Mas é claro que, com a boa campanha, e a brecha dada pelos adversários, a torcida gremista fica com gosto de “quero mais”. E os 27 anos sem título do Campeonato Brasileiro pesam para que ela siga acreditando, mesmo que seja difícil. Curiosamente, o comandante da conquista de 1996 era Luiz Felipe Scolari, hoje no Atlético. Para voltar a erguer a taça, é imprescindível que o Grêmio vença o time daquele que já lhe deu tantas alegrias.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Antes de escrever pela Trivela, esteve na Rádio Grenal e na RDC TV. Também é coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo