Brasil

Botafogo e Vasco sofrem com lesões no começo de ano e chegam desfalcados para clássico

Adversários no próximo domingo, pelo Carioca, Botafogo e Vasco perderam jogadores importantes neste começo de temporada

A história do “Clássico da Amizade” entre Botafogo e Vasco é repleta de momentos de união entre torcedores, clubes e diretorias, que fizeram o confronto entre os times receber este simpático nome. Mas, agora em 2024, uma coincidência ruim para os dois lados vai marcar o confronto entre os clubes, neste domingo (18), às 16h (horário de Brasília), no Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca. Glorioso e Cruz-Maltino chegam com muitos problemas para o confronto direto pelo G4 da Taça Guanabara.

Ainda neste começo de temporada, Botafogo e Vasco já tiveram seus respectivos planejamentos atingidos diretamente por lesões de importantes jogadores do elenco de cada clube. Além disso, para o clássico deste domingo, o Cruz-Maltino ainda sofre com desfalques por suspensão.

Dessa forma, com o Botafogo de olho na estreia na Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (21), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Aurora, da Bolívia, fora de casa, pela segunda fase da competição, e com o Vasco muito desfalcado, o clássico deste domingo vai ter dois times muito modificados em campo no Nilton Santos.

Botafogo perdeu reforços importantes neste começo de ano

De volta a Copa Libertadores depois de sete anos, o Botafogo fez um alto investimento no elenco para 2024. Mas, ainda durante o Campeonato Carioca, o clube já viu seu planejamento ser atingido por lesões que podem comprometer o principal foco do clube neste primeiro trimeste: chegar na fase de grupos da Libertadores.

No começo de fevereiro, após a partida contra o Nova Iguaçu, no Bezerrão, no Gama, o Botafogo perdeu dois jogadores de uma só vez. O atacante Jeffinho, com uma lesão no músculo adutor da coxa direita, e o goleiro John, também uma lesão muscular, mas na parte posterior da coxa direita.

Jeffinho ficará fora, no total, por um mês e meio, enquanto o goleiro vai desfalcar o Botafogo por até dois meses. Assim. os dois jogadores estão fora da fases prévias da Copa Libertadores. Caso Botafogo passe pelo Aurora, da Bolívia, na segunda fase, o clube vai enfrentar o Red Bull Bragantino ou o Águillas, da Colômbia, no começo de março.

E, nesta semana, o Botafogo ainda confirmou que o atacante Luiz Henrique, contratação mais cara da história do clube, sofreu uma lesão na panturrilha esquerda durante a partida contra o Volta Redonda, na última quarta-feira. O jogador está fora do clássico deste domingo e também não deve atuar no jogo de ida contra o Aurora, pela Libertadores.

Lesão de Luiz Henrique não é das mais graves, mas atacante vai desfalcar o Botafogo contra o Vasco (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Vasco perdeu dois meias por praticamente todo 2024

Assim como o Botafogo, o Vasco também sofreu com lesões neste começo de 2024. Mas, no caso do Cruz-Maltino, os problemas foram ainda mais graves. Ainda neste início de 2024, no período de pouco mais de uma semana, o clube perdeu dois jogadores por praticamente toda a temporada.

No fim de janeiro, o meia Paulinho, titular absoluto do time de Ramón Diaz, sofreu uma ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito durante o jogo contra o Bangu. O jogador já passou por cirurgia e só deve voltar aos gramados em oito meses. Até recuperar a forma e ter condições de jogo, a temporada já estará no fim.

Uma semana depois, durante o clássico com o Flamengo, o volante Jair sofreu exatamente a mesma lesão de Paulinho – ruptura do ligamento cruzado anterior -, mas no joelho esquerdo. Assim como o meia, Jair também já passou por cirurgia e deve perder praticamente toda a temporada de 2024.

Jair não deve atuar mais nesta temporada pelo Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

Para o clássico deste domingo, o Vasco ainda tem mais problema, mas por suspensões. O Cruz-Maltino vai precisar atuar com uma zaga alternativa, visto que Medel e João Victor estão suspensos. O chileno foi expulso no clássico com o Fluminense, enquanto João Victor recebeu o terceiro amarelo.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo