Brasil

Após acerto com o Atlético-MG, Bernard se tornou o melhor jogador do futebol grego

Bernard está voando no Panathinaikos desde que seu retorno ao Atlético foi anunciado

Há pouco mais de um mês o Atlético-MG anunciou o acerto para o retorno do meia Bernard ao clube. Cria da base atleticana, o jogador chega ao clube no meio do ano, após encerrar seu contrato com o Panathinaikos. Enquanto isso, segue jogando normalmente pelo clube grego, e o acordo com o clube do coração parece ter mexido favoravelmente com ele, que se tornou o melhor jogador do país.

Atlético e Bernard anunciaram o acerto para o retorno do meia ao clube em 5 de fevereiro, um dia depois do meia ter balançado as redes e auxiliado o Panathinaikos a vencer o clássico contra o Olympíacos. Desde então, o meia brasileiro está voando pelo time grego, tendo se tornado o maior destaque do futebol grego, sendo o jogador com mais participações em gols, passes decisivos, chances criadas e muito mais.

Nesse período, com suas atuações, Bernard ajudou o Panathinaikos a terminar a primeira fase do campeonato grego entre os classificados para a disputa do título, já que o torneio conta com duas fases, sendo que na última os seis melhores times se enfrentam em jogos de ida e volta, com o maior pontuador saindo campeão.

No momento, só uma rodada dessa fase final aconteceu, e o Panathinaikos largou bem ao vencer novamente o Olympiacos (3×1), dessa vez, com assistências de Bernard. Mas o time do futuro jogador do Galo está ainda em terceiro na tabela, um ponto atrás do PAOK e três atrás do AEK.

Além de avançar e seguir na disputa pelo título, Bernard também ajudou o Panathinaikos a eliminar o PAOK nas semifinais da Copa da Grécia. A decisão do torneio será o último jogo da temporada, consequentemente também o último jogo do brasileiro pelo clube grego, podendo encerrar assim a sua passagem com uma taça. O adversário será o Aris.

Atlético aguarda ansiosamente por Bernard

As atuações de Bernard é uma ótima notícia, claro, ao Atlético, que receberá o jogado no meio do ano, provavelmente, em excelente fase. Fora toda a identificação do meia com o clube, que deve dar um gás a mais nas suas atuações em seu retorno.

Hoje meia centralizado que cai pela direita e não mais aquele ponta de velocidade que o torcedor viu no início da carreira, Bernard chega para disputar a posição que hoje está nas mãos de Gustavo Scarpa, outro meia que o clube contratou em 2024 e que também estava no futebol grego. Apesar deles, na teoria, disputarem posição, é bem provável que eles possam atuar juntos.

Como Bernard só chega ao Atlético no meio do ano, muita água ainda passará por debaixo da ponte. No momento, além de Scarpa, Igor Gomes é o outro meia titular. Além disso, o jovem Alisson vem sendo a grande novidade do ano atuando como ponta/meia direita, papel que Scarpa e Bernard podem fazer, enquanto do outro lado o também jovem Rubens vem pedindo passagem na vaga de Igor, por exemplo.

Dor de cabeça boa para Felipão?

Felipão foi questionado no início da temporada sobre ter muitas boas opções para montar o time, principalmente do meio para frente, e afirmou que isso não gerava dor de cabeça para ele, por ser sempre bom ter peças de qualidade.

A única coisa que eu não tenho uma vida é dor de cabeça. Posso ter dor nas costas, porque já estou velho, mas não dor de cabeça. Ter jogador bom não é dor de cabeça. É bom para a gente poder escolher – Felipão

Mas é claro que, com a chegada de Bernard no meio do ano, o treinador terá que pensar bem para montar o time na parte ofensiva. Imaginando todos jogando o que se espera, o time ideal no papel teria: Scarpa, Bernard, Zaracho, Paulinho e Hulk. Mas, Rubens e Alisson estão em ótimos momentos agora, por exemplo, quem garante que até lá eles não estarão melhores ainda? Fora que o treinador gosta de jogar com dois volantes, ou seja, teria que tirar um dos meias. Nesse caso, quem seria? Como o próprio treinador citou no mesmo dia que respondeu da dor de cabeça: ele quem é pago para isso, então terá que “se virar” para encaixar todos (ou não) e potencializar o time do Galo.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo