Ásia/OceaniaColunas

A zebra anda passeando na LC da Ásia e não há como fazer prognósticos

Quatro semifinalistas na briga pelo título continental e consequente vaga no Mundial de Clubes a FIFA 2014. Al Hilal (Arábia Saudita), Al Ain (Emirados Árabes), FC Seoul (Coreia do Sul) e Western Sydney Wanderers (Austrália) restaram na disputa e vêm fazendo ótimas campanhas.

Todos eles lideraram suas chaves na fase de grupos, mas apenas o time australiano perdeu dois jogos, contra uma derrota dos adversários – em seis rodadas. No mata-mata, apenas o Al Ain atropelou os oponentes, fazendo 4 a 2 no Al Jazira (Emirados Árabes) e 5 a 1 no Al Ittihad (Arábia Saudita), enquanto os outros tiveram vitórias suadas.

VEJA TAMBÉM: AZ entra em crise (meio) inesperada

Al Hilal 3×0 Al Ain

Na teoria, portanto, esperava-se que os emirianos, com o atacante ganês Asamoah Gyan em ótima fase – 12 gols em dez partidas, o artilheiro da competição –, fizessem jogo duro diante do favorito Al Hilal, duas vezes campeão da LC da Ásia. Mas não foi o que aconteceu… Com dois gols do bom atacante saudita Nasser Al-Shamrani, vice-artilheiro com nove gols, e outro do brasileiro Thiago Neves, o Al Hilal se aproximou bastante da grande final.

Curiosidade. Desde 2012 um time da Arábia Saudita não disputa o título continental. A última vez foi com o Al Ahli, que levou de 3 a 0 do Ulsan Hyundai (Coreia do Sul). A última oportunidade de ser campeão asiático para um time dos Emirados Árabes ocorreu em 2005, quando o mesmo Al Ain sucumbiu por 5 a 3 (dois jogos) diante do Al Ittihad.

Jogo da volta. O Al Ain tentará reverter a enorme desvantagem no próximo dia 30 de setembro, em casa. São cinco confrontos na história, incluindo o jogo de ida das semifinais, com três vitórias sauditas e duas emirianas. Porém, quando o Al Ain venceu foi por apenas dois gols de diferença, placar insuficiente para superar o adversário na disputa de 2014.

FC Seoul 0x0 Western Sydney Wanderers

É verdade que os australianos andam surpreendendo demais, mas talvez a alcunha de zebra da competição terminasse nos confrontos diante do FC Seoul. Ainda mais com os sul-coreanos atuando em casa. Mas não é que os visitantes continuam protagonizando surpresas sensacionais?

O empate de 0 a 0 é favorável ao Western Sydney Wanderers, que terá o apoio da torcida no jogo da volta, algo que não ocorreu em Seul. Em estádio de Copa do Mundo, apenas 12.901 torcedores apareceram para apoiar o time da casa, longe de ocupar as 66 mil cadeiras. Será que os australianos passarão a ser conhecidos como zebras ao invés de cangurus?

Curiosidade. Observando-se a história recente, os estatísticos têm mais motivos para acreditar que o FC Seoul estará na final da Liga dos Campeões da Ásia 2014. Nas últimas cinco temporadas (desde 2009), sempre um time da Coreia do Sul disputou o título. Foram três vitórias e duas derrotas. Já a única campanha de sucesso de um time da Austrália ocorreu em 2008, quando o Adelaide United alcançou a final, mas levou de 5 a 0 do Gamba Osaka.

Jogo da volta. A partida decisiva ocorrerá no próximo dia 1º de outubro e haverá desempate. Na história, o Western Sydney Wanderers enfrentou times sul-coreanos em três oportunidades, com uma vitória, um empate e uma derrota. Foram três gols marcados e três sofridos. Os dois semifinalistas jogaram entre si pela primeira vez no jogo de ida das semifinais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo