Ásia/Oceania

Ramires faz Jiangsu emplacar grande vitória nos acréscimos, e Guangzhou de Felipão faz 7 a 0

A continuação da primeira rodada da Liga dos Campeões da Ásia deu ao Guangzhou Evergrande uma vitória maiúscula diante do Eastern SC, de Hong Kong, além de um placar para lá de favorável para o Jiangsu Suning sobre o Jeju United. O time de Felipão goleou a primeira equipe campeã nacional treinada por uma mulher por 7 a 0. Já o Jiangsu conseguiu vencer por 1 a 0 fora de casa, na Coreia do Sul, onde os times costumam ser muito fortes com o mando de campo a seu favor. Também se destacaram nesses jogos os brasileiros em ação e mostrando serviço. Na goleada do Guangzhou, Paulinho, Ricardo Goulart e Alan Carvalho marcaram, enquanto o suado 1 a 0 diante do Jeju foi alcançado devido a um gol de Ramires nos acréscimos.

VEJA TAMBÉM: Na Liga dos Campeões da Ásia, golaço de Hulk deu a vitória e um recorde ao Shanghai SIPG

O futebol chinês fechou em alta a rodada inicial da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia. Um dia depois da vitória do Shanghai SIPG por 1 a 0 com um golaço de fora da área de Hulk, o Guangzhou e o Jiangsu garantiram três pontos fundamentais, ainda que a competição esteja no início. A goleada por 7 a 0 no time de Hong Kong dá uma boa vantagem à equipe comandada por Felipão no saldo de gols, enquanto a vitória fora de casa é de extrema importância para o clube que conta, além de Ramires, com mais um brasileiro: o meia Alex Teixeira, ex-Vasco.

Na partida desta quarta-feira no Tianhe Stadium, o Guangzhou fez valer o fato de jogar com dois jogadores a mais que os adversários quase que a maior parte do jogo. O Eastern teve dois atletas expulsos ainda no primeiro tempo, e foi na segunda etapa que viu sua vida complicar tomando quatro gols. Aliás, viu sua vida complicar mais ainda, já que o primeiro tento tomado foi aos quatro minutos, com Ricardo Goulart convertendo um pênalti. E foi apenas a primeira falta cometida dentro da área por parte do Eastern. Na segunda, porém, Alan Carvalho desperdiçou a chance de fazer o gol, com o goleiro Yapp adivinhando o lado que o brasileiro ia bater.

Na Coreia do Sul, por outro lado, o jogo foi pegado. A épica vitória do Jiangsu só foi consolidada nos últimos minutos. Assim como aconteceu nesta terça-feira com o Shanghai SIPG, com Hulk decidindo, e também em solo coreano, a qualidade individual fez toda a diferença. Ramires, nos acréscimos, aproveitou a bola que sobrou para ele dentro da área para chutar o canto do gol, sem chances para o goleiro pegar. Antes disso, ambos os times tiveram chances de abrir o placar. Todas em vão. Mas ainda que atrasado, o triunfo aconteceu para o Jiangsu, que, com os três pontos, passou a ocupar a segunda posição do grupo H, uma das chaves mais difíceis.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo