Ásia/Oceania

Na Liga dos Campeões da Ásia, golaço de Hulk deu a vitória e um recorde ao Shanghai SIPG

Hulk estava na seca na Liga dos Campeões da Ásia. Enquanto Oscar estreou na competição marcando gol junto com Elkeson na vitória do Shanghai SIPG por 3 a 0 sobre o Sukhothai, na fase preliminar, o ponta direita passou em branco naquela partida. Ele, porém, deixou sua marca no triunfo diante do Seoul fora de casa. E foi um golaço, originado de uma bomba de fora da área. Foi, também, o único tento da partida. O gol da vitória por 1 a 0 no primeiro jogo da fase de grupos e que estabeleceu uma façanha: o time de André Villas-Boas se tornou o primeiro clube chinês a derrotar o Seoul na Coreia do Sul.

VEJA MAIS: Liga dos Campeões da Ásia e do Brasil: Oscar, Ademilson e Elkeson balançam as redes no torneio

O relógio marcava oito minutos do segundo tempo quando Hulk avistou o goleiro em uma posição que não conseguiria evitar seu chute e arriscou de longe. Pouco tempo depois de ter aberto o placar, o Shanghai se viu em uma enroscada com a marcação de um pênalti a favor do Seoul. Guan He fez a falta dentro da área e acabou sendo expulso. Mas mesmo com dez jogadores em campo e a tensão de, àquela altura, estarem faltando ainda 30 minutos para o apito final, os visitantes se salvaram do empate e de uma possível virada. O goleiro Yan Junling defendeu o pênalti cobrado por Damjanovic, e isso deu mais confiança para o Shanghai segurar o placar favorável para os chineses.

Villas-Boas e seus comandados lideram o grupo F da Liga dos Campeões da Ásia juntamente com os japoneses do Urawa Reds, com três pontos. O próximo desafio do Shanghai SIPG no torneio é contra o Wanderers em casa. Os australianos foram goleados por 4 a 0 pelo Urawa nesta primeira rodada jogando com o mando de campo. Já pelo grupo E, o Kashima Antlers, vice-campeão mundial ano passado, venceu o Ulsan Hyundai, no Japão, por 2 a 0 e também lidera a chave com três pontos garantidos até então.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo