Ásia/Oceania

Fornecedora pede desculpas por mensagem machista em camisa e se enrola

Uma fornecedora de material esportivo da Indonésia chamada Salvo Sports aproveitou o Dia Internacional da Mulher para pedir desculpas a todas elas por uma mensagem machista que foi produzida junto com a camisa do Pusamania Borneo, da primeira divisão.

LEIA MAIS: Finalmente transformaram o machismo das arquibancadas em discussão

Na parte interna do uniforme, havia instruções de lavagem. Até aí, tudo bem, se elas não viessem junto com uma piada: “Dê essa camiseta para a sua mulher lavar. É o trabalho dela”.  A Salvo Sports enviou um pedido de desculpas, publicado pela Reuters, e ficou próxima de piorar a situação ao dizer que estava apenas sugerindo que as mulheres levam camisas melhor do que os homens.

“A mensagem é simples: ao invés de lavar errado, melhor dar a camisa para uma mulher porque elas são mais capazes”, escreveu. “Não há a intenção de humilhar a mulher. Ao contrário, queremos dizer aos homens que aprendam com as mulheres sobre como cuidar das roupas porque elas prestam atenção aos detalhes. Nem todos os homens entendem/sabem como tomar conta das próprias roupas, as mulheres são mais especialistas nesse assunto. Pedimos profundas desculpas por qualquer desentendimento.”

A emenda ficou pior do que o soneto.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo