Ásia/Oceania

Com sede insaciável de títulos, Cristiano Ronaldo carrega Al Nassr nas costas para vencer o fraco Al-Akhdoud

Após um início apagado, Cristiano Ronaldo provou que continua com seu faro de artilheiro aguçado na caça ao líder do Al Nassr

Nesta sexta-feira (24), o Al Nassr venceu o Al-Akhdoud por 3 x 0, no Estádio Universidade Rei Saud, em Riad, na Arábia Saudita, pela 14ª rodada da Saudi Pro League, com brilho de Cristiano Ronaldo. Com o resultado, a equipe de Luís Castro se manteve firme na luta pelo título do campeonato, já que está na 2ª posição da tabela com 34 pontos, um a menos que o líder Al-Hilal, que ainda joga na rodada.

No primeiro jogo oficial entre as equipes, o Al Nassr provou que o investimento faz toda a diferença no duelo contra o modesto Al-Akhdoud, que está na zona de rebaixamento da Liga Saudita. Após um início apagado, o craque português provou que continua com seu faro de artilheiro aguçado.

Como foi a partida entre Al Nassr x Al-Akhdoud

Logo aos quatro minutos, Cristiano Ronaldo recebeu a bola na diagonal esquerda da grande área. O craque cortou para o meio, limpou três marcadores e arriscou o chute de perna direita, mas a bola passou pelo lado do gol. Pouco tempo depois, o Al Nassr voltou a apresentar perigo “sem querer”.

Na tentativa de um cruzamento na linha de fundo, a bola acabou indo em direção à meta do Al-Akhdoud, obrigando o goleiro brasileiro Paulo Vitor a dar um tapinha para escanteio. Só que a equipe de Luís Castro não deu moleza para o adversário, chegando ao gol aos 12 minutos da primeira etapa.

Otávio fez um lançamento para Sultan Al-Ghannam, que dominou de peito perto da linha de fundo. Na lateral direita, cruzou rasteiro para trás e encontrou Sami Al-Najei, que só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo da rede e colocar o Al Nassar em vantagem.

Com a posse de bola, o time de CR7 voltou a apresentar perigo quando Anderson Talisca lançou uma linda bola do meio-campo para Abdulrahman Ghareeb, perto da área. O camisa 29 tocou para trás, em direção à meia-lua, e encontrou Al-Najei, que mandou um chutaço no gol do Al-Akhdoud. O brasileiro espalmou para escanteio.

Aos 30 minutos do 1º tempo, o Al Nassr tomou um susto quando o árbitro foi chamado pelo VAR para conferir um possível pênalti após a bola bater no braço de um de seus defensores dentro da grande área. Entretanto, um impedimento no início da jogada anulou o lance para o Al-Akhdoud.

Nove minutos depois, Talisca arriscou um voleio dentro da grande área, mas a bola passou do lado do gol. Com o craque português apagado até o intervalo, ele provou que continua sendo artilheiro na volta dos vestiários.

CR7 acaba com 2º tempo

Após um começo apagado no jogo, CR7 voltou com tudo no 2º tempo. O craque português recebeu um lançamento pelo alto na grande área e finalizou na rede pelo lado de fora aos 10 minutos da etapa final. Cinco minutos depois, o atacante recebeu na linha de fundo pelo lado esquerdo e cortou um pouco mais para o lado. Mesmo sem ângulo, arriscou o chute, que passou por cima da meta do Al-Akhdoud.

Já aos 30 minutos do 2º tempo, Cristiano Ronaldo finalmente balançou as redes pelo Al Nassr após receber bola lançada pelo alto do meio-campo, encobrindo Paulo Vitor, que estava quase saindo da grande área. Contudo, o gol foi anulado porque o craque português estava impedido na origem do lance.

No lance seguinte, CR7 tabelou com Brozovic e recebeu a bola dentro da área. Quase na pequena área, ele chutou de bico, mas acabou sendo parado pelo goleiro brasileiro. Só que tudo mudou aos 31 minutos da etapa final, quando o astro marcou seu primeiro gol válido contra o Al-Akhdoud.

Paulo Vitor saiu afobado debaixo das traves para tentar espalmar um cruzamento. Só que a bola foi desviada e caiu no pé de Cristiano Ronaldo do outro lado da grande área. Após cortar em direção à linha de fundo, mandou a bola para o fundo da rede sem a presença do goleiro.

O último ato do craque português aconteceu aos 34 minutos do 2º tempo. Mais uma vez, o goleiro do Al-Akhdoud saiu do gol de maneira desesperada para tentar interceptar uma bola enfiada fora da grande área. O lance sobrou para CR7, que dominou de peito lá na intermediária e marcou um verdadeiro golaço de cobertura.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo