Copa da Ásia

Craque da seleção japonesa é investigado por agressão sexual e está fora da Copa da Ásia

Caso envolvendo Junya Ito, destaque do Reims, aconteceu em junho de 2023, em Osaka

Junya Ito, meia da seleção japonesa, será investigado por agressão sexual em Osaka, no Japão. O jogador já havia sido afastado da equipe após a divulgação de um caso. Ato foi acusado por duas mulheres sobre uma situação que teria acontecido em junho de 2023, após uma vitória do Japão sobre o Peru pelo placar de 4 x 1. As informações são da AFP.

“Recebemos uma queixa criminal contra Junya Ito, pelo que iniciamos uma investigação”, disse um responsável da polícia de Osaka à AFP, sem acrescentar mais detalhes sobre o assunto.

Por conta da divulgação da denúncia, Junya Ito foi dispensado da seleção do Japão e deve se apresentar ao Reims antes do previsto. O meia esteve em campo em todos os jogos na primeira fase da Copa da Ásia: foi titular no jogo diante do Iraque, na segunda rodada da competição, e assistiu do banco de reservas a classificação dos japoneses para as quartas de final do torneio após vitória por 3 x 1 diante do Bahrein. 

A defesa de Junya Ito negou de forma veemente toda e qualquer acusação feita contra o meia, afirmando que tais suspeitas são “totalmente infundadas”. Ele inclusive teria apresentado uma queixa contra as duas mulheres que o acusaram por difamação.

Técnico da seleção japonesa não chamará ninguém para o lugar de Junya Ito

Enquanto o caso não tem um desfecho, a Federação Japonesa de Futebol optou pelo afastamento do meia por conta da repercussão negativa. A entidade máxima do futebol do Japão publicou uma nota em sua página oficial no X (antigo Twitter), explicando que por conta das duas versões apresentadas, tanto pelas vítimas, como por Junya Ito, o jogador será afastado da seleção principal, reiterando que até o caso ser esclarecido, Hajime Moriyasu, treinador da equipe, não convocará nenhum outro jogador para o seu lugar.

“Gostaríamos de informar que Junya Ito (Stade Reims) deixará a equipe SAMURAI BLUE (Seleção Japonesa) que disputa a Copa Asiática de Seleções Qatar 2023, que está sendo realizada no Catar . Vale ressaltar que nenhum jogador será convocado para substituir Ito.

Relativamente a alguns relatos sobre Junya Ito, a Associação Japonesa de Futebol (JFA) entende que as partes envolvidas têm reivindicações diferentes relativamente aos fatos relatados, e acredita que é necessária uma resposta cuidadosa.

Depois de considerar a condição física e mental de Ito, a JFA decidiu que o jogador deixará a equipe a partir de hoje. Pedimos desculpas por causar preocupação às muitas pessoas que apoiam SAMURAI BLUE e Ito”, informa a nota publicada pela Federação Japonesa.

Neste sábado (3), o Japão volta ao campo para a disputa das quartas de final da Copa da Ásia e terá pela frente a seleção do Irã, que nas oitavas de final bateu a Síria nos pênaltis após empate por 1 x 1 no tempo normal. O jogo acontece no Estádio Cidade da Educação e a bola rola a partir das 8h30 (horário de Brasília). O vencedor deste confronto encara Catar, país-sede da competição, ou o Uzbequistão, que também se enfrentam no sábado às 12h30.

Na última edição da Copa da Ásia, Catar e Japão se enfrentaram na grande final e podem reeditar a decisão de 2019, quando os catarianos bateram os Samurais Azuis pelo placar de 3 x 1 em partida realizada no Zayed Sports City Stadium nos Emirados Árabes em 2019.

 

 

 

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo