Copa da Ásia

Austrália avança, Índia se despede e Palestina esbarra em resultado histórico em nova rodada da Copa da Ásia

Socceroos sofrem para bater a Síria com mais um gol de Jackson Irvine na competição; Palestina ainda sonha com classificação

A Austrália é a segunda seleção a garantir a classificação antecipada para as oitavas de final da Copa da Ásia. Após o Catar vencer o Tajiquistão por 1 x 0 nesta quarta-feira (17) e se isolar na liderança do Grupo A com seis pontos em dois jogos, foi a vez dos Socceroos conquistarem a sua vaga para a 2ª fase após vitória por 1 x 0 frente a Síria, em encontro realizado na manhã desta quinta-feira. Ainda pelo Grupo B, a Índia perdeu para o Uzbequistão pelo placar de 3 x 0 e praticamente deu adeus à competição.

No último jogo desta quinta-feira, a Palestina ficou no empate por 1 x 1 diante dos Emirados Árabes e agora precisa vencer Hong Kong a qualquer custo para ainda sonhar com classificação. Enquanto isso, a equipe dos Emirados tem que torcer contra o Irã, que joga nesta sexta-feira (19) às 14h30, para se manter na ponta da tabela e depender somente de si na última rodada para conseguir a classificação para a 2ª fase.

Resumo dos jogos da Copa da Ásia desta quinta-feira

Síria 0 x 1 Austrália

Foi no sufoco e apresentando um futebol sofrível, mas a Austrália conseguiu furar o bloqueio da Síria com muito custo, venceu pelo placar de 1 x 0 e garantiu sua passagem para as oitavas de final da Copa da Ásia de forma antecipada. Jackson Irvine marcou seu segundo gol na competição aos 14 minutos da segunda etapa e ajudou o Socceroos a vencerem um jogo muito complicado, marcado pela intensidade e briga dos dois times, principalmente no meio-campo, mas sem muita criatividade de ambos os lados.

Depois de um primeiro tempo no qual o time australiano foi um pouco melhor, tendo finalizado seis vezes contra a meta da Síria contra quatro dos adversários, a Austrália diminuiu um pouco o ritmo no segundo tempo e contou com a falta de qualidade do time árabe para manter a sua defesa intacta até o momento no torneio.

Com a segunda vitória em dois jogos, a Austrália foi aos seis pontos e abriu cinco de vantagem para a própria Síria, que somou seu segundo e ainda pode avançar em 2º na chave, desde que vença a Índia e os Socceroos batam o Uzbequistão na última rodada.

Índia 0 x 3 Uzbequistão

O Uzbequistão não tomou conhecimento da Índia, foi muito mais eficiente no ataque do que na estreia diante da Síria e venceu a índia pelo placar de 3 x 0, com o resultado sendo inteiramente construído no primeiro tempo de partida no Estádio Al Rayyan. Logo aos quatro minutos, Fayzullaev aproveitou assistência de Shukurov para abrir o marcador.

Aos 18 minutos, Igor Sergeev ampliou a vantagem para o time Uzbeque, que dominou amplamente a primeira etapa de jogo, tendo finalizado 12 vezes contra a meta do goleiro Sandhu, enquanto os indianos conseguiram apenas três chutes. Ainda no primeiro tempo, aos 49 minutos, Nasrullaev mandou a bola para o fundo do gol e deu números finais ao jogo.

Muitos esperavam por uma goleada do Uzbequistão, mas no segundo tempo o panorama do jogo se alterou drasticamente, com a Índia atacando mais e dando trabalho para o goleiro Yusupov, que foi um dos melhores em campo. Com a vitória, o time Uzbeque foi à 2ª colocação do grupo e vai definir sua vida na chave diante da Austrália, quanto a Índia pode ser o time que vai definir o grupo, caso perca para a Síria.

Palestina 1 x 1 Emirados Árabes

A Palestina bem que tentou, mostrou um futebol muito melhor do que na estreia diante do Irã, quando acabou derrotada por 4 x 1, mas não conseguiu mais do que um empate diante dos Emirados Árabes na tarde desta quinta-feira.

Sultan Adil abriu o placar para os Emirados Árabes após assistência de Ali Saleh aos 23 minutos do primeiro tempo. O placar não era nada justo, pois a Palestina teve muito mais volume de jogo, porém acabou pecando nas finalizações, foram 24 ao total e também parou em jornada inspirada do goleiro Khalid Elsa, que fechou o gol em favor do time árabe.

A Palestina teve a chance de empatar ainda no primeiro tempo com Tamer Seyan, que acabou perdendo um pênalti, defendido pelo goleiro dos Emirados Árabes. De tanto insistir, os palestinos empataram com um gol contra Abaelaziz, mas foi só.

Na última rodada a Palestina enfrenta Hong Kong e precisa vencer para se manter viva na competição, enquanto os Emirados Árabes vão em busca da primeira colocação do grupo diante do Irã.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de SouzaRedator

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo