Ásia/Oceania

O Al-Ittihad jogou em ritmo de treino e fez só o suficiente para vencer mais uma na Champions Asiática

Hamdallah marca dois gols e garante o Al-Ittihad na próxima fase da competição

O Al-Ittihad, comandado pela 2ª vez pelo técnico argentino Marcelo Gallardo, não encontrou muitas dificuldades diante do AGMK e em ritmo de treino, bateu o time uzbeque pelo placar de 2 x 1 em jogo disputado no Metallurg Stadium, na cidade de Olmaiq e válido pela 5ª rodada da Champions Asiática. Com o resultado, o time árabe foi aos 12 pontos ganhos e garantiu sua vaga para a próxima fase da competição, já que Sepahan e Al-Jawiya ainda vão se enfrentar na rodada e tem sete pontos no Grupo C.

Os gols do Al-Ittihad foram marcados por Hamdallah, sendo o primeiro na marca dos 30 minutos, com assistência do brasileiro Fabinho e o segundo, quatro minutos mais tarde após belíssima jogada de Shanqeeti, outro bom destaque dos Tigres no jogo desta tarde. O AGMK ainda conseguiu diminuir na base da raça e da vontade com Boakye, aos 32 minutos, por intermédio de Boakye. Porém, o gol não foi suficiente para evitar mais uma derrota do time uzbeque na Champions Asiática

Al-Ittihad domina e abre dois de vantagem no 1º tempo

O time árabe jogou de forma muito tranquila no 2º jogo sob o comando do técnico argentino Marcelo Gallardo. Os primeiros 15 minutos de partida foram mais disputados, com o time do AGMK tentando assustar, correr mais para impressionar seu torcedor, porém, o Al-Ittihad jogava mais com a posse da bola, tentando na base da troca de passes infiltrar na defesa da equipe uzbeque. Os mandantes se fechavam bem e apostavam nos contra-ataques para tentar criar algum perigo.

A equipe árabe, até os 20 minutos do primeiro tempo, tinha dificuldades para criar devido à acentuada quantidade de erros de passe e tinha dificuldades para se defender, principalmente pelo lado esquerdo de sua defesa, com as descidas de Akhmadaliev. Porém, foi na base da transição rápida após roubada de bola que o Al-Ittihad criou sua primeira boa oportunidade. Aos 21 minutos, Al-Amri tomou a bola e partiu de frente em velocidade, o camisa 77 entregou para Al-Amri, que sozinho chutou de esquerda, mas em cima do goleiro Rakhimov.

Aos 24 minutos, Al-Amri teve mais uma boa oportunidade pela esquerda. Após passe de Fabinho, o ponta-direita dominou na grande área e chutou por cima da meta de Rakhimov. Mesmo levando o jogo em ritmo lento, o Al-Ittihad chegou ao seu primeiro gol com Hamdallah, na marca dos 29 minutos. Após lançamento longo, o camisa 99 saiu na frente de Rakhimov, ganhou de seu defensor e chutou forte, por debaixo das pernas do arqueiro, para marcar o primeiro gol do jogo no Uzbequistão.

O gol animou o time do Al-Ittihad, que com muita naturalidade aumentou o marcador, aos 34 minutos. Após bela jogada do lateral-direito Shanqeeti, o ala deixou Hamdallah na boa, com o gol aberto para ampliar a vantagem e marcar seu segundo gol na partida. Já aos 40 minutos, Benzema teve uma chance de ouro para deixar sua marca ainda na primeira etapa, porém, o francês perdeu chance clara, na frente de Rakhimov, que fez defesa brilhante;

Giyosov, em uma das poucas chances que o AGMK teve no jogo na primeira etapa, criou ótima chance para diminuir a contagem ainda no primeiro tempo. O ponteiro esquerdo recebeu o passe na linha lateral da grande área, se livrou da marcação como quis e chutou com muito perigo ao lado esquerdo da meta de Al-Mayouf, encerrando assim um primeiro tempo muito tranquilo em favor do Al-Ittihad.

AGMK melhora e desconta no fim da partida

O começo de 2º tempo no Uzbequistão foi muito animado, com os dois times criando boas chances. Na melhor delas, Benzema recebeu passe do lado esquerdo da área, limpou a marcação e mandou chute rasante, à esquerda da meta de Rakhimov. Após um início muito movimentado, o time do AGMK tomou mais o controle do jogo, mas pecava no último passe antes da finalização. Mesmo correndo e se esforçando muito para conseguir criar, acabava esbarrando em suas próprias limitações.

O Al-Ittihad ia na boa, e teve mais uma chance com Benzema, aos 16 minutos da etapa complementar, que recebeu da entrada da grande área e chutou com perigo à direita da meta de Rakhimov, em chute que ainda contou com desvio na zaga. Hamdallah quase marcou seu hat-trick, aos 18 minutos, em chute de fora da área, pela meia esquerda, que foi bem defendido por Rakhimov.

Por pouco o time árabe não fez o terceiro gol, na marca dos 23 minutos. Após mais uma jogada pelo lado esquerdo, Shanqeeti foi lançado na linha de fundo e cruzou rasteiro, a bola passou na frente da área e ninguém apareceu para mandar para a rede. O AGMK não desistiu e conseguiu diminuir aos 32 minutos. Após cruzamento pelo lado direito, a bola sobrou para Tursunov, que chutou cruzado. A bola sobrou para Boakye, que sozinho empurrou para o fundo das redes.

Na marca dos 38 minutos, o Al-Ittihad poderia ter feito o terceiro gol, que praticamente definiria o confronto. Após cobrança de escanteio da esquerda, a bola sobrou limpa na pequena área para o zagueiro Kadesh, que sozinho chutou em cima de Rakhimov, que foi disparado o melhor jogador da equipe uzbeque na partida. Atrás do placar por um gol, o time do AGMK foi para cima, se lançando ao ataque e tentava na bola aérea conseguir o gol de empate ao final do jogo, porém, não teve a qualidade suficiente para chegar ao segundo gol e amargou mais um jogo sem vencer, acumulando a quarta derrota seguida na Champions Asiática.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo