Sul-Americana

São Paulo deve bater 1 milhão no Morumbi, mas casa cheia não tem surtido efeito esperado

Tricolor faz primeiro dos "jogos do ano" contra o San Lorenzo e tenta colocar em prática lema da Torcida que Conduz

As arquibancadas tomadas por uma multidão de são-paulinos são um cenário tão frequente, que já virou rotina no Morumbi em 2023. Não será diferente nesta quinta-feira (10), a partir das 19h (horário de Brasília), quando o São Paulo recebe o San Lorenzo pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Tricolor tem tudo para superar a marca de um milhão de torcedores em seus jogos em casa na temporada.

Até o fim da tarde desta quarta-feira (9), o clube já havia vendido mais de 44 mil ingressos para o duelo decisivo. O São Paulo conta com a Torcida que Conduz para reverter a derrota por 1 a 0 sofrida na Argentina e avançar às quartas de final. Para ficar com a vaga, o Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis.

Jogar com casa cheia, aliás, não tem sido bom sinal para a equipe, mas falemos disso mais adiante. O fato é que o clube tem tudo para superar a marca de um milhão de espectadores em seus jogos em casa na temporada nesta quinta-feira.

Aliás, é possível afirmar antes mesmo do jogo que o São Paulo baterá esta marca, se levarmos em conta os 23 compromissos da equipe como mandante em 2023. O público total nestes jogos é de 991.866 torcedores, com média de 43.124 por partida. Ou seja: míseros 8134 espetadores teriam de estar no Morumbi logo mais para bater o número de 1 milhão. Mas cabe uma ressalva: o duelo com o Água Santa nas oitavas de final do Paulistão foi no Allianz Parque.

Levados em conta apenas os 22 jogos no Morumbi, será preciso que 47.679 torcedores marquem presença nas arquibancadas. Ao todo, 952.321 espectadores se acomodaram nas arquibancadas do estádio nesta temporada para assistir ao São Paulo. Uma média de 43.287 por partida.

Público do São Paulo em 2023:

  • Como mandante:* 23 jogos
    Público: 991.866 torcedores – Média: 43.124,60/jogo
    Renda:  R$ 50.739.289,50 – Média: 2.206.056,06/jogo
    *1 jogo no Allianz Parque
  • Jogos no Morumbi: 22 jogos
    Público: 952.321 torcedores – Média: 43.287,31/jogo
    Renda: R$ 47.462.200,50- 2.157.372,75/jogo

Torcida que conduz?

O problema é que apenas os torcedores têm seguido à risca o lema “Torcida que conduz”. Dentro de campo, o São Paulo não tem correspondido sempre que joga com casa cheia. Das 23 partidas como mandante na temporada, oito tiveram público superior a 50 mil torcedores. E o tricolor mais perdeu do que ganhou nestes jogos. São, ao todo, três vitórias, um empate e quatro derrotas. O aproveitamento é de apenas 41%.

O retrospecto ruim se mantém no levantamento que considera os 10 maiores públicos da temporada. O São Paulo soma quatro vitórias, um empate e cinco derrotas nestas partidas, com um aproveitamento de 43,3%.

Top-10 de públicos do Morumbi em 2023:

  1. São Paulo 4 x 1 Santos – Brasileirão – 58.127 torcedores – Renda: R$ 3.304.056,00
  2. São Paulo 4 x 2 Vasco –  Brasileirão – 57.399 torcedores – Renda: R$ 3.335.063
  3. São Paulo 0 x 2 Palmeiras – Brasileirão – 56.871 torcedores – Renda: R$ 3.392.338
  4. São Paulo 0 x 0 Bahia – Brasileirão – 56.078 torcedores – Renda: R$ 3.968.358
  5. São Paulo 1 x 2 Corinthians – Paulistão – 54.970 torcedores – Renda: R$ 2.779.438
  6. São Paulo 1 x 0 Palmeiras – Copa do Brasil – 54.593 torcedores – Renda: R$ 4.169.660
  7. São Paulo 0 x 2 Atlético-MG – Brasileirão – 53.460 torcedores – Renda: R$ 2.893,522,50
  8. São Paulo 0 x 1 São Bernardo – Paulistão – 52.602 torcedores – Renda: R$ 2.054.826
  9. São Paulo 1 (5) x (3) 3 – Sport – Copa do Brasil – 49.752 torcedores – Renda: R$ 2.494.311,00
  10. São Paulo 1 x 0 Fluminense – Brasileirão – 49.154 torcedores – Renda: R$ 2.523.257

Decisão é primeiro de dois jogos que “valem o ano”

Dorival admite preocupação com momento do São Paulo (Foto: Iconsport)

O São Paulo faz nesta quinta-feira a primeira das duas decisões em que joga para “salvar o ano” no intervalo de uma semana. Depois, na quarta-feira (16), às 19h30, o Tricolor enfrenta o Corinthians no duelo da volta da semifinal da Copa do Brasil. Novamente com a obrigação de vencer por dois gols de diferença para se classificar.

As duas partidas valem as únicas chances reais que o Tricolor tem de ser campeão em 2023. Dois jogos que valem tanto assim, justamente no período de maior instabilidade da equipe na temporada – são cinco jogos sem vencer, com quatro derrotas. Ou seja: o São Paulo joga para salvar o ano e evitar a crise no intervalo de 180 minutos.

– Natural. A preocupação existe. Ela não pode se tornar uma obsessão. Porque o São Paulo não tem feito jogos ruins. É natural que isso passe a preocupar. Mas não podemos criar em cima de duas decisões, o ambiente em que tudo seja negativo. Tenho que procurar acalmar toda a situação no vestiário e fazer com que nós não joguemos fora tudo aquilo que foi realizado – afirma um preocupado (mas não tanto) Dorival Júnior.

Recorde de público a caminho

O São Paulo caminha a passos largos para bater o recorde de público em uma só temporada, alcançado no ano passado. Em 2022, 1.245.901 torcedores marcaram presença nos 38 jogos disputados no Morumbi, com média de 32.787 pagantes. Foi a primeira vez que o clube bateu a marca de um milhão de torcedores em seu estádio considerando apenas jogos com seu mando de campo.

O Tricolor terá ao menos mais 11 partidas em casa até o fim do ano – o número pode chegar a 14, caso a equipe avance tanto na Sul-Americana, quanto na Copa do Brasil. Para igualar o recorde de público em uma mesma temporada, o São Paulo precisa levar mais 293.580 torcedores ao Morumbi até o fim do ano. Para isto, basta que a média de público seja de 26.689 por jogo nos compromissos restantes já garantidos no calendário.

Se a equipe mantiver a média registrada ao longo de todo ano, o recorde será batido com sobras. Caso isso aconteça, de fato, o São Paulo acabará 2023 com um total de 1.428.478 espectadores em suas partidas no Morumbi. Isso, levados em conta apenas os 11 jogos já garantidos até  o final da temporada.

O Tricolor, aliás, já quebrou alguns recordes recentes. Na derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, o São Paulo chegou ao quarto jogo consecutivo como mandante no Morumbi com mais de 50 mil torcedores. Algo que não ocorria desde a reta final de 2012. Além disso, o clube chegou a oito jogos no ano com mais de 50 mil torcedors no Morumbi. A única outra vez em que isso aconteceu foi em 2006.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo