Libertadores

Lorran impressiona, mas Arrascaeta deve voltar a ser titular em Flamengo x Bolívar

Garoto do Ninho foi o cara do jogo contra o Corinthians, mas o retorno do uruguaio deixa Tite com as mãos atadas por sequência

É até um pecado tirar Lorran do time depois da excelente atuação diante do Corinthians, em que o Garoto do Ninho anotou um gol e uma assistência, mas é exatamente o que deve acontecer. Arrascaeta, titular, pôde descansar neste sábado (11) e, preparado, tem tudo para retornar à equipe de Tite. A chamada dor de cabeça boa chegou à sala de Adenor Bachi.

Claro que os treinamentos da semana ditarão o ritmo dessa escolha, mas, nesse momento, Arrascaeta é o mais cotado para iniciar na vaga de meia criador. Essa hierarquia se torna ainda mais importante com o apelo do jogo entre Flamengo e Bolívar.

Arrascaeta ou Lorran?

Essa é a grande dúvida após o jogo contra o Corinthians. Se o Flamengo venceu de maneira contundente, muito se dá pela performance absurda de Lorran. Jogando pela primeira vez como meia criador entre os profissionais, o Garoto do Ninho deitou e rolou, tendo participado de todos os gols do Rubro-Negro na partida, além de uma série de lances de perigo.

A atuação foi tão grande que rendeu elogios das mais diferentes personalidades. Entre o perfil do jogo King of Fighters, que inspira a comemoração de Rugal, e jornais internacionais, a mais maneira ficou por conta de outro jogador formado no Flamengo: Vinicius Júnior, astro do Real Madrid.

Os elogios são cruciais nesse momento da carreira de Lorran. Buscando a consolidação entre os profissionais, o camisa 19 precisa de confiança, e nada melhor do que uma atuação como essa. Mesmo assim, contudo, não deve ser suficiente para a manutenção na equipe titular.

Isso porque, o próximo compromisso do Flamengo é diante do Bolívar, pela Libertadores, em jogo que só a vitória interessa. Dessa forma, é natural que Arrascaeta, recuperado de uma lesão no adutor da coxa, retome a condição de titular. Tite, inclusive, frisou que o uruguaio queria ter iniciado neste sábado, mas não teve o sinal verde do departamento médico.

— Existem lesões, o Arrasca estava com bastante vontade. É muito fácil falar do Lorran agora, ele jogou muito. Essa capacidade toda dele em absorver, eu não conheço o bastidor dele de dentro, de instabilidade e tu ter uma retomada com calma, é isso que a gente busca — analisou, na coletiva após a vitória sobre o Corinthians.

Como foi a recuperação do uruguaio?

A ausência de Arrascaeta foi muito sentida dentro do Flamengo. Desde que ele deixou o gramado na derrota para o Botafogo, ainda em abril, a equipe viveu uma crise de criatividade que só acabou por conta da inspiração de Lorran diante do Corinthians. A recuperação não demorou muito tempo, mas foi realizada com grande cautela pelo departamento médico.

Arrascaeta sofreu bastante com lesões em 2023, mas, nesta temporada, o problema no adutor da coxa foi o primeiro. A fim de evitar outros por desgaste, o Flamengo segurou bastante e soube manter o uruguaio motivado dentro do próprio elenco. O craque viajou com a delegação para Bragança Paulista, há uma semana, e foi relacionado diante do Corinthians, ainda que não tenha entrado.

Arrascaeta está à disposição de Tite para o jogo contra o Bolívar (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Esse descanso é ainda mais importante para a escolha de Tite contra o Bolívar. O craque uruguaio entra em campo com plenas condições e vindo de uma partida em que esteve no banco, mas não entrou. Pode fazer toda a diferença para que Arrascaeta atue os 90 minutos em alto nível no jogo importantíssimo pela Libertadores.

Tite ganha opção para a Copa América

Ainda que não tenha chegado o momento de uma sequência maior, Lorran pavimentou o caminho para essa ascensão no Flamengo. Até o momento, Tite não havia encontrado soluções para substituir Arrascaeta e De La Cruz nesse quesito de produtividade, mas, após a atuação contra o Corinthians, o Garoto do Ninho se apresenta como um sério candidato para o período de Copa América.

Os dois principais pensadores do Flamengo estarão com o Uruguai na disputa, em solo norte-americano, e a oportunidade é perfeita para Lorran. O Rugal, como é carinhosamente chamado, deu seu cartão de visitas, e parece ser só o começo dessa história.

Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo