Argentina

Uma preciosidade: Tevez, aos 14 anos, destruindo defesas como ainda faz hoje em dia

O tempo pode ter deixado Carlos Tevez mais esperto, mais forte ou mais rápido, mas uma década e meia de futebol não mudou em nada o seu jeito de jogar. Um vídeo precioso com vários gols do menino de Forte Apache pelos juvenis do Boca Juniors em 1998 mostra que, aos 14 anos, Tevez já tinha desenvolvido a sua dinâmica: o jeito de correr, driblar, trombar com os zagueiros e nunca ser derrubado. Até a cobrança de pênaltis era a mesma, com uma bicuda no centro do gol. Para os fãs do argentino, esse vídeo é imperdível:

Você também pode se interessar por:

>>>> Contrato milionário na seleção brasileira ou no Real? Simeone prefere ficar sem dinheiro

>>>> Corinthian-Casuals encontra a periferia e segue a rotina de estrela na sua visita ao Brasil

>>>> A cada gol de Guerrero, a torcida do Corinthians fica entre a alegria e a angústia

>>>> 10 mitos e verdades sobre o Mundial de Clubes de 2000

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo