Argentina

Horas depois de título argentino, jovem do Estudiantes causa acidente com um ferido

O atacante Tiago Palacios, do Estudiantes, bebeu e feriu a funcionária de um posto de gasolina após acidente de carro

Na manhã seguinte ao título da Copa da Liga Argentina conquistado pelo Estudiantes, o atacante Tiago Palacios causou um acidente em um posto de gasolina em Buenos Aires e feriu uma funcionária de 27 anos nesta segunda-feira (6). Ao ingressar no local para abastecer, o jogador perdeu o controle de seu carro, um SUV, e atingiu uma bomba de combustível. O uruguaio de 23 anos foi submetido a um teste do bafômetro, que constatou que ele estava bêbado, com 1,84 g/l de álcool no sangue (muito acima do limite de 0,5 g/l da lei da cidade), segundo informações do canal argentino TN.

A mulher foi atingida pelo veículo ao tentar desviar da colisão, afirmaram testemunhas. Por sorte, ela não corre risco de vida. Palacios e uma pessoa que estava no banco de passageiro saíram ilesos.

– Como consequência do acidente, uma atendente do posto de serviço de 27 anos sofreu um trauma. Nós a encaminhamos ao Hospital Fernández. Os restantes, o condutor e o passageiro, recusaram a ida ao hospital. Ela está na sala de choque. Pelo que me contaram, foi um politraumatismo e a vida dela não estava em risco. – garantiu Alberto Crescenti, diretor do Sistema de atendimento médico de emergência (SAME), em entrevista à TyC Sports.

Uma promessa uruguaia, Palacios foi revelado pelo Platense e passou pelo Montevideo City Torque antes de chegar ao Estudiantes em fevereiro desse ano, quando o clube argentino desembolsou 2 milhões de euros para contratá-lo. Ele rapidamente virou titular e já atuou 15 vezes pela equipe, marcou quatro gols e distribuiu três assistências. Também em 2024, o ponta direita ganhou a primeira oportunidade na Seleção Uruguaia sub-23.

Estudiantes conquistou Copa da Liga Argentina com emoção nos pênaltis

Após já ter avançado nos pênaltis na semifinal, superando o gigante Boca Juniors, o Estudiantes teve que encarar a mesma situação na decisão da Copa da Liga. Em 120 minutos (Palacios atuou por 74) contra o Vélez Sarsfield, eles até abriram o placar com Eros Mancuso e, mesmo com um a mais a partir dos 13 do segundo tempo, cederam o empate quatro minutos depois. Ainda deu tempo de Gastón Benedetti ser expulso e deixar o jogo 10 contra 10.

Sem muita emoção pós-empate e expulsões, a partida seguiu para as penalidades. Mancuso quase foi de herói a vilão ao perder o segundo pênalti, defendido por Tomás Marchiori e dando a vantagem ao adversário. No entanto, apesar do goleiro do Vélez defender outro, dessa vez de Santiago Ascacíbar, quem brilhou foi Matías Mansilla ao impedir que três das últimas quatro penalidades entrassem. No fim, 4 a 3 aos Pincharratas e mais um título para a conta.

A taça, além de fazer o time disputar a Copa dos Campeões da Argentina contra o vencedor do Campeonato Argentino, disputado no segundo semestre, garantiu uma vaga na Copa Libertadores 2025.

Mas eles continuam vivos na edição de 2024 da competição continental. O Estudiantes divide o grupo C com o Grêmio e está em terceiro, empatado em pontos com o The Strongest, com um a mais que os brasileiros e um a menos que o líder Huachipato.

A equipe argentina volta a campo já nesta quinta-feira (9), quando viajará para altitude de La Paz para enfrentar o Strongest. Vale citar que o Grêmio não jogará nesta rodada pelas enchentes que devastam o Rio Grande do Sul.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo