Alemanha

De Jong pode ser a chave para a remontada do Bayern de Munique na próxima temporada

De olho na próxima temporada, o Bayern de Munique tem dinheiro no orçamento para tirar Frenkie De Jong do Barcelona

Mesmo de saída em junho, Thomas Tuchel segue focado na busca pelo título da Champions League, que é a única possibilidade do Bayern de Munique fechar a temporada como campeão. Para isso, terá que passar pelo Real Madrid na semifinal. Fora de campo, os Bávaros já estão de olho no mercado para reformular o elenco após um 2023/24 desastroso. E a chave para a remontada pode ser Frenkie De Jong, do Barcelona.

Após o título da Bundesliga conquistado no último jogo em 2022/23, a expectativa era que o Bayern tivesse uma temporada mais tranquilo. Entretanto, isso ficou distante da realidade, tanto dentro, quanto fora de campo. Além das polêmicas de bastidores, envolvendo trocas na diretoria e o fracasso descomunal de Tuchel, os Bávaros ficaram sem os títulos da Supercopa da Alemanha, da Copa da Alemanha e da Bundesliga.

Nas finanças, o Bayern de Munique vai muito bem. Por isso, a expectativa é investir pesado para um 2024/25 muito melhor. E o grande alvo dos Bávaros é o meia neerlandês do Barça, que já esteve na mira em janelas passadas. O Barcelona está disposto a negociar De Jong, mas somente por um valor adequado. Vale lembrar que os espanhóis precisam fazer caixa para aliviar os problemas financeiros.

O Bayern, por sua vez, terá € 150 milhões (cerca de R$ 830,2 milhões) disponível em seu orçamento. Isso sem contabilizar o dinheiro que pode entrar nos cofres alemães a depender de possíveis vendas, como Alphonso Davies para o Real Madrid. Mesmo assim, os Bávaros terão que convencer Frenkie De Jong a deixar os Blaugranas, onde é titular incontestável e tem um ótimo salário.

De Jong no Bayern de Munique?

Com uma faxina prestes a acontecer no elenco do Bayern de Munique, o meia neerlandês tem futebol de sobra para se destacar na Bundesliga. O problema é que De Jong está confortável no Barcelona e não pensa em ir embora na reabertura da janela de transferências. Além disso, ele passará a receber € 18 milhões (em torno de R$ 99,6 milhões) por ano em salário após o bônus de solidariedade nos Culés.

Quando o nome de Frenkie De Jong foi ligado a uma possível transferência no Barcelona, ele criticou publicamente a imprensa espanhola antes das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Napoli: “Vocês (jornalistas) dizem coisas que não são verdade, não têm vergonha?”, disse o meia na oportunidade. Ou seja, o neerlandês não vai forçar uma mudança para os Bávaros.

Por mais que De Jong desminta a possibilidade de ser negociado, o Barcelona tem interesse em ter lucros no mercado. Tanto que o meia é avaliado pelo Barça entre € 60 milhões (aproximadamente R$ 331,7 milhões) e € 70 milhões (cerca de R$ 387,6 milhões). Ou seja, o Bayern pode ter êxito na contratação do meia neerlandês caso chegue nos valores pedidos pelos espanhóis.

O Barcelona entende que já tem um meio-campo com boas peças: Gavi, Pedri, Fermín e İlkay Gündogan. Além disso, os Blaugranas querem trazer mais uma opção, e Aleix García, do Girona, pode ser contratado por € 15 milhões (em torno de R$ 82,9 milhões). Uma possibilidade bem mais barata que Frenkie De Jong, que tem um dos maiores salários do grupo. Agora, resta saber se ele aceitará se juntar ao Bayern de Munique.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo