A Copa Libertadores completa 60 anos de história em 2020, e são muitos os clubes espalhados pelo continente que podem ter o orgulho de dizer que participaram do certame. Mais precisamente, 214 equipes, distribuídas pelos dez países da Conmebol e pelo México. Mais uma edição do torneio continental começa nesta terça-feira, com a primeira fase preliminar. E três novos times ganharão a chance de estrear na competição durante as próximas semanas.

Internacionalmente, o Defensa y Justicia é quem tem o nome mais consolidado. Os auriverdes vêm de boas campanhas no Argentino e também já tinham feito sucesso na Copa Sul-Americana. Todavia, ainda não haviam subido um degrau rumo à Libertadores. O Binacional, por sua vez, vive sua franca ascensão e se referenda como o campeão peruano. O clube de Puno já tinha estreado recentemente na Sul-Americana e agora recoloca o Lago Titicaca no cenário da Libertadores, após quatro décadas sem representantes da região. Por fim, o Cerro Largo também expande a fronteira do Uruguai e será o segundo clube do interior a disputar a competição. É o primeiro representante do norte do país, mais perto de Bagé do que de Montevidéu.

Para celebrar esse recomeço da Libertadores e apresentar um pouco mais os clubes, atualizamos o nosso já tradicional mapa com todos os participantes da história do torneio. Todas as 214 equipes estão representadas com seus escudos e em estádios que costumam mandar suas partidas. Vários dos emblemas estão sobrepostos, o que torna necessário um zoom na visualização para ajudar. Na tabela à esquerda, é possível selecionar os clubes por país, ainda que venezuelanos e mexicanos estejam juntos por limitações da ferramenta. Além disso, o quadrado no canto superior do mapa possibilita abri-lo na janela inteira do navegador.

O mapa oferece a percepção de vários detalhes, desde a concentração de forças de um país até os cenários paradisíacos que circundam alguns estádios, ou a proximidade assustadora entre grandes rivais. Aproveite e viaje: