Sem categoria

“Todos queriam enfrentar o Schalke”, admite Figo

O ambiente na Internazionale é de tranquilidade após o sorteio que decretou o Schalke 04 como adversário da equipe nas quartas de final da Liga dos Campeões. No clube italiano, que busca o bi do torneio, o discurso é de respeito aos Azuis Reais, mas também de confiança na classificação para as semifinais.

“Creio que todos os times, digamos, mais fortes, queriam enfrentar o Schalke”, declarou o ex-jogador Luís Figo, diretor de relações internacionais da Inter. “Estou certamente feliz, mas no futebol neste nível não se pode desejar um adversário em particular, porque os jogos sem vencem em campo. O Schalke é um time de qualidade, tem um bom elenco e eliminou o Valencia, que é uma ótima equipe. Mas, entre os times que poderíamos enfrentar, tivemos sorte”.

“Contra o Bayern, o time mostrou ainda ter vontade e ambição de ir bem após um momento difícil, atestando a qualidade dos jogadores e do técnico e a força que temos para chegar até o final nesta competição”, argumentou o português.

O capitão Javier Zanetti também repercutiu o sorteio, pedindo atenção ao adversário: “É preciso respeitar o Schalke porque será uma partida difícil como todas as outras. Temos de estar atentos, porque não se chega às quartas da Liga dos Campeões por acaso”.

Zanetti já estava na Inter em 1997, quando a equipe perdeu para o Schalke a final da Copa Uefa. “Hoje lembro daquele jogo com um sorriso, porque perdemos aquela final, mas agora temos esta grande oportunidade de vingança para passar à próxima fase”, afirmou.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo