Sem categoria

Tecnologia será considerada para próxima Copa, diz Fifa

O sistema de arbitragem para a próxima Copa será alterado, com tecnologia para determinar quando a bola passa a linha do gol e árbitros extras sendo analisados, segundo a Fifa.

“Eu diria que é a última Copa do Mundo com esse sistema de arbitragem”, afirmou Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa. A sempre resistente Fifa passou a considerar mudanças mudou de postura após erros nas decisões dos árbitros da Copa, notoriamente o gol de Frank Lampard, não visto pela arbitragem, e o gol em impedimento de Carlos Tevez no jogo contra o México.

“Nós estamos falando de um gol que não foi visto pelo árbitro, que é a razõa de estarmos falando de tecnologia agora”, afirmou Valcke. “Mas, novamente, vamos ver se o sistema vai ajudar ou se dar ao árbitro quatro olhos a mais dará mais conforto e fará o trabalho amis fácil de ser feito, então, por que não?”.

Segundo o secretário-geral, a velocidade do jogo aumentou a necessidade de reforma na arbitragem. “O jogo é diferente e os árbitro são mais velhos do que todos os jogadores”, disse Valcke. “O jogo é tão rápido, a bola está voando tão rápido, nós temos que ajudá-los e nós temos que fazer alguma coisa e é por isso que eu digo que essa é a última Copa do Mundo com esse sistema”.

Depois do erro no jogo entre Inglaterra e Alemanha, com o gol de Lampard não sendo marcado, e o gol de Carlos Tevez impedido mostrado no telão do Soccer City, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu desculpas e disse que “seria estúpido” não considerar o uso de tecnologia depois disso.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo