Sem categoria

Quartas da Copa Uefa começam nesta quinta-feira

Nesta quinta, tem início a fase de quartas-de-final da Copa Uefa, com os quatro jogos de ida. Os dois clubes alemães começam atuando em casa: o Hamburg receberá o Manchester City na HSV Arena, enquanto o Werder Bremen atua em seu Weserstadion contra a Udinese. Já as equipes ucranianas alternam sua situação: o Shakhtar é mandante da primeira partida contra o Olympique de Marselha, enquanto o Dynamo de Kiev terá de ir à França para enfrentar o Paris Saint-Germain. Shakhtar x Olympique iniciará mais cedo, às 13h30, enquanto os três jogos restantes estão agendados para as 15h45.

No confronto entre o City e os hanseáticos, a equipe do holandês Martin Jol sofre com desfalques por contusão. O zagueiro marfinense Guy Demel, que já ficara de fora das partidas do Hamburgo pelas oitavas-de-final da Copa Uefa, contra o Galatasaray, teve nova lesão na coxa e está fora do primeiro jogo. Além de Demel, o brasileiro Alex Silva também é dúvida para o jogo, devido a uma ruptura muscular, sofrida na partida contra o Schalke 04, pelo Campeonato Alemão. Outra ausência certa para os alemães é o zagueiro Jerome Boateng, suspenso. Do lado dos Blues, o treinador Mark Hughes terá praticamente todos os titulares à sua disposição. Entretanto, os cartões amarelos poderão ser um perigo para a partida de volta, no dia 16, em Manchester, já que estão pendurados os zagueiros Kompany e Micah Richards e os volantes Elano e Zabaleta.

Outro clube que está às voltas com problemas de lesão envolvendo titulares é a Udinese. Nas duas partidas contra o Werder Bremen, o time italiano não contará com o goleiro Samir Handanovic, que terá de ficar de fora por uma entorse no joelho esquerdo, que resultou em ruptura do menisco e na necessidade de uma operação, que o tirará dos gramados por um mês. Outro jogador que ficará ausente dos dois jogos contra os Papagaios é o atacante Antonio Di Natale, que lesionou os ligamentos do joelho esquerdo durante compromisso com a seleção da Itália, pelas Eliminatórias da Copa de 2010. Do lado do time germânico, o treinador Thomas Schaaf perdeu, até o resto da temporada, o meia dinamarquês Daniel Jensen, que operou o tendão de Aquiles. Fora esta ausência, no entanto, Schaaf tem a equipe completa para a partida desta quinta.

Paris Saint-Germain e Dynamo de Kiev têm, para o jogo do Parc des Princes, apenas um desfalque. No entanto, somente os parisienses perderão seu jogador ausente também na partida de volta: o lateral-esquerdo Sylvain Armand lesionou o joelho há duas semanas, na partida contra o Toulouse, pelo Campeonato Francês, e não irá para a Ucrânia, no dia 16. O Dynamo, treinado por Yuri Semin, perdeu para a ida o meia Taras Mikhalik, que teve uma lesão no menisco. O substituto será Goran Sabljic.

Finalmente, Shakhtar e Olympique se enfrentarão, no RSC Olympiyskiy de Donetsk, com ausências por lesão apenas do lado do time treinado por Eric Gerets. O meia Karim Ziani e o lateral-direito Tyrone Mears sofrem com problemas na virilha, estão fora do jogo de ida e são dúvida para a partida de volta no Vélodrome de Marselha. Com problemas na perna, o holandês Zenden também corre risco. Além disso, o brasileiro Brandão, contratado pelo OM junto ao Shakhtar em janeiro, não poderá atuar, por já ter defendido a equipe ucraniana na Copa Uefa.

Do lado da equipe anfitriã nesta quinta, o meia brasileiro William afirmou: “A importância desse jogo é muito grande, tanto para o clube quanto para os jogadores.” William ainda pediu cautela com o Olympique: “Temos de pensar passo a passo. Temos, primeiro, de pensar em vencer o Olympique e depois enfrentar o nosso próximo adversário nas semifinais.”

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo