Sem categoria

Quando o jogo se desenhava difícil, Messi apareceu para tranquilizar o Barcelona

O roteiro está ficando batido. Quando a partida começa a ficar difícil para o Barcelona, Lionel Messi tira um coelho da cartola e resolve a parada. Foi assim novamente neste sábado, na goleada por 4 a 1 sobre o Alavés. O visitante descontou para 2 a 1 no começo do segundo tempo e começava a pressionar, mas Messi marcou um belo gol de fora da área e jogou um balde de água fria nas pretensões adversárias.

[foo_related_posts]

O primeiro tempo foi tranquilo. Antoine Griezmann abriu o placar, completando a assistência de Suárez da ponta direita. O uruguaio também deu o passe para Vidal ampliar, a poucos minutos do intervalo. No entanto, aos 11 da etapa final, Pere Pons apareceu de surpresa para cabecear com força o cruzamento da esquerda de Rubén Duarte.

Logo na sequência, Ter Stegen saiu na intermediária para dividir, e Aleix Vidal tentou marcar no rebote, de muito longe. Em cobrança de escanteio, Duarte cabeceou e apenas um desvio direcionou a bola para fora. Mas, aos 24 minutos, a terceira assistência de Suárez encontrou Messi, que simplesmente puxou à perna esquerda e soltou o colocado chute no canto de Fernando Pacheco para fazer 3 a 1. Seu 50º gol em 2019.

De pênalti, Suarez fez 4 a 1 e assegurou de vez a vitória no último jogo do Barcelona no ano.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo