Problema de calendário

No guia da pré-temporada europeia publicado pela Trivela, os primeiros comentários de leitores alertam para a ausência de times brasileiros nos torneios. Pela incompatibilidade dos calendários, os clubes não podem participar dos principais eventos amistosos, deixando assim de expor suas marcas e arrecadar um bom dinheiro.

Para citar um exemplo: na Copa da Paz, que será disputada na Espanha com times como Real Madrid e Juventus, participarão o Atlante, do México, que disputará o Mundial da Fifa no fim do ano, e a LDU Quito, que bateu o Internacional em dois jogos na Recopa. Certamente, se houvesse a possibilidade, haveria um brasileiro entre os doze participantes.

É um argumento interessante a favor da adequação do calendário brasileiro ao europeu – assim como o fato de a janela de transferências de julho/agosto desfigurar muitos dos times.

Mantendo-se o calendário atual, para o caso específico das turnês internacionais, poderia pelo menos ser aberto um período de duas ou três semanas em que pudessem se remanejar as partidas e permitir a ida dos times ao exterior. O que acham?

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo