Sem categoria

Premiê togolês viaja para resolver questão sobre prêmios

A questão dos prêmios parece longe de uma definição na seleção togolesa. Após membros da federação afirmarem durante a semana que o problema estava resolvido, um fato chamou a atenção nesta sexta. Edem Kodjo, primeiro-ministro do país, viajou para a Alemanha e deve chegar nesta tarde para dar um ponto final na discussão.

“Encontraremos uma solução. É uma questão de negociar”, afirmou Camelio Akoussah, diretor-técnico da seleção. O problema coloca os Gaviões mais uma vez em risco de uma campanha decepcionante.

Na Copa Africana de Nações, disputada em janeiro, a seleção atrasou o embarque para o Egito, local de disputa do torneio. O motivo foi o mesmo: indefinição sobre os prêmiso que cada jogador receberia. Após muita discussão, o time viajou para participar da competição e teve um desempenho pífio: perdeu os três jogos da primeira fase.

Para a Copa, os jogadores exigiam um prêmio de chr(128) 155 mil para cada atleta. Um vitória valeria outros chr(128) 30 mil, e chr(128) 15 mil seriam pagos por cada empate conquistado.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo