Sem categoria

Olic brilha: Bayern, fácil, na final da LC

Nem parecia que o Bayern de Munique jogava fora de casa. Mesmo jogando fora de casa, no estádio Gerland, a equipe alemã dominou completamente o jogo de volta das semifinais da Liga dos Campeões. E fez 3 a 0 no Lyon, garantindo sua ida à final da competição europeia. É a oitava vez que o Rekordmeister chega à decisão de uma LC: a última havia sido na temporada 2000/01, quando o time de Ottmar Hitzfeld venceu o Valencia, conquistando seu quarto título europeu.

Já aos dois minutos, o Bayern teve grande chance para abrir o placar. Aproveitando falha de Cris na marcação, Ivica Olic retomou a bola pela direita, entrou pela área e cruzou rasteiro. Thomas Muller chegou livre na área, mas acabou chutando para fora, à esquerda do gol defendido por Hugo Lloris, em grande chance perdida.

O Lyon respondeu aos sete, quando, em escanteio cobrado da direita, Jean Makoun desviou a bola por cima, mas Cris não conseguiu completar, na segunda trave, e ela saiu pela linha de fundo.

Porém, o Bayern persistiu dominando a etapa inicial. E conseguiu nova boa chance aos nove, quando Arjen Robben cobrou lateral com rapidez, pela direita, e Müller dominou a bola. O atacante chegou à área, pela linha de fundo, e cruzou rasteiro para trás, mas nenhum jogador do time alemão chegou para concluir. Aos 15, em contra-ataque, Mark van Bommel ainda arriscou chute, mas a bola bateu na defesa.

Até que, aos 25 minutos, o time alemão enfim conseguiu abrir o placar. Pela esquerda, o Bayern chegou com Robben. O holandês fez passe em profundidade, que alcançou Muller. E o atacante, quase na linha de fundo, cruzou rasteiro para Olic, que dominou e fez o giro para chutar, bater Lloris e abrir o placar para o time alemão.

A resposta à equipe de Louis van Gaal veio aos 30, quando o Lyon quase chegou. Pela direita, Sidney Govou efetuou bom cruzamento para a área, e Michel Bastos veio pelo meio para completar. Porém, o brasileiro acabou mandando a bola para fora, com um chute de bate-pronto. Mas o Bayern chegaria novamente aos 33: Robben arriscou chute de média distância, que resvalou em Maxime Gonalons e foi para fora. Entretanto, a arbitragem concedeu o tiro de meta ao Lyon.

Logo no começo da segunda etapa, o Lyon persistiu em busca do empate, com boa chance. Aos cinco minutos, Lisandro Lopez arriscou cruzamento da esquerda, e a bola sobrou com Bafétimbi Gomis. Mas o atacante, que substituiu Aly Cissokho após o intervalo, chutou forte, por cima do gol de Hans-Jörg Butt.

Depois, o Bayern retomou o domínio. Aos sete minutos, Robben chegou pela direita, na grande área, e tocou para trás. E, de média distância, Bastian Schweinsteiger arriscou voleio de primeira, mandando a bola muito perto do gol de Lloris, em boa chance do Bayern. Robben voltou a aparecer aos 11, quando recebeu a bola na entrada da área, e bateu rasteiro e cruzado, para boa defesa de Lloris, que espalmou para escanteio.

A situação do Lyon ficou ainda mais difícil aos 14 minutos, quando o time ficou com dez em campo. Cris derrubou Olic em contra-ataque, e recebeu o cartão amarelo que o tiraria de uma eventual final. Inconformado com a decisão, o capitão do time lionês aplaudiu ironicamente o árbitro Massimo Busacca e levou o segundo amarelo e o vermelho, sendo expulso de campo. Ainda assim, no minuto seguinte, de longe, Govou arriscou forte chute para o gol, mas Butt estava atento e fez boa defesa.

Mas o Bayern não demorou muito para encaminhar sua vitória. Aos 21 minutos, Hamit Altintop dominou a bola no meio-campo, e carregou-a até as proximidades da área, quando passou a bola a Olic, que vinha pela esquerda. E o croata entrou livre na área, tocando a bola na saída de Lloris e fazendo seu segundo gol na partida, aproximando ainda mais o Bayern da final.

O time alemão continuou atacando. Aos 26, Robben fez bela jogada e chutou forte para a defesa de Lloris. Aos 30, Olic quase chutou, mas Makoun acabou cortando no último instante. Mas, dois minutos depois, pela direita, Philipp Lahm chegou e fez o cruzamento para Olic. E o croata cabeceou para as redes de Lloris, que ainda tocou na bola, mas não evitou o 3 a 0 – e a classificação do Bayern para a final.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo